16/06/2011

Aneel vai endurecer fiscalização sobre Eletropaulo

Após uma reunião na tarde desta quarta-feira (15/6) em Brasília, o secretário de Energia de
São Paulo, José Aníbal, obteve da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) o compromisso
de reforçar a fiscalização sobre a AES Eletropaulo. Na semana passada, centenas de milhares
de consumidores da Região Metropolitana de São Paulo ficaram até 50 horas sem energia
elétrica devido à demora da empresa em restabelecer o fornecimento.

Em Brasília, o secretário José Aníbal apresentou ao diretor-presidente da agência, Nelson
Hubner, dados que evidenciam a desproporção entre o aumento na arrecadação da empresa
nos últimos anos e a piora na qualidade dos serviços prestados à população. Enquanto o lucro
líquido da AES Eletropaulo cresceu R$ 1 bilhão em quatro anos (2006-10), as interrupções e o
tempo sem energia dispararam – de 9,2 para 14,8 horas sem luz por ano em média (2008-10).

“É intolerável que uma empresa com tal saúde financeira seja tão negligente e desleixada com
seus consumidores”, disse o secretário. Segundo ele, o modesto investimento voltado à
modernização da rede, bem como em manutenção preventiva, no aumento das equipes de rua
e de atendimento telefônico resultam em episódios como os observados na semana passada,
quando bairros inteiros ficaram no escuro.

No final da tarde, José Aníbal reuniu-se com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão.