24/11/2011

Aneel incentiva uso racional da energia elétrica

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou uma série de alterações na estrutura tarifária do setor de distribuição de energia. As mudanças, aprovadas na última terça-feira, entrarão em vigor entre 2012 e 2014 durante a revisão tarifária das distribuidoras.

 A principal mudança para os consumidores de baixa tensão (residenciais, comerciais, industriais e de áreas rurais) é a criação da modalidade tarifária branca, que oferecerá tarifas de acordo com o horário de consumo. O objetivo é tornar vantajoso para o consumidor rever hábitos de consumo de energia elétrica no cotidiano – gastar menos energia nos horários de pico de consumo, por exemplo.

Para se beneficiar da nova modalidade tarifária branca, o consumidor deverá substituir os medidores eletromecânicos de energia pelos eletrônicos, que permitem registro de consumo por horário.

A substituição do aparelho será opcional para quem consome mais de 200 kWh no mês. Será obrigatória a substituição dos aparelhos para quem consome mais de 500 kWh.

 

As Bandeiras Tarifárias, outra mudança válida a partir de janeiro de 2014, indicará a diferença de valores de tarifa para o consumidor como se fosse um semáforo.  

 

A Verde significa custos baixos para gerar energia, ou seja, quando a energia é mais barata. A Bandeira Amarela indicará aumento no custo com relação à verde, sinal de alerta. A Bandeira Vermelha indicará que a oferta de energia para atender a demanda dos consumidores ocorre com maior custo de geração.