07/02/2012

Governo de São Paulo assina Protocolo de Intenções com a Petrobras

O secretário de Energia, José Aníbal, e o presidente da Petrobras, Sergio Gabrielli, assinaram hoje Protocolo de Intenções para estabelecer as diretrizes das ações conjuntas para a efetivação da cadeia produtiva do Pré-sal no estado de São Paulo. Para isso será formado um Comitê Executivo composto por representantes do Governo do Estado e da Estatal.

“O Protocolo de Intenções prevê manter a posição colaborativa que o estado de São Paulo vem tendo com a Petrobras e com as empresas que vão trabalhar na exploração do Pré-sal. Nós queremos incrementar as relações com a empresa para desenvolver pesquisas, atrair fornecedores e criar um centro de monitoramento do Pré-sal. O governador Geraldo Alckmin quer que as iniciativas se multipliquem na área de inovação tecnológica”, disse Aníbal. Segundo ele, em parceria com a Petrobras, o IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) já desenvolve estudos em águas profundas.

A ideia é que sejam construídos dois centros no estado de São Paulo, um de pesquisa e outro de monitoramento, complementares aos Cenpes do Rio de Janeiro. As unidades potencializarão as atividades de pesquisa e inovação realizadas nas universidades paulistas, levando em consideração as questões ambientais e de segurança, de fundamental importância para o litoral.

“Esse Protocolo de Intenções tenta designar um primeiro conjunto de ações para que nós possamos potencializar e ampliar a presença da Petrobras em São Paulo. Vamos discutir os projetos de infraestrutura e de retaguarda da atividade de petróleo de tal maneira que nós possamos ter uma agenda de trabalho comum entre a Petrobras e o governo”, afirmou Gabrielli.