06/03/2012

Subsecretário de Energias Renováveis apresentou Matriz Energética do Estado para primeiro ministro de Aruba

O subsecretário de Energias Renováveis, Marco Antonio Mroz, participou hoje de encontro com o primeiro ministro de Aruba, Mike Eman, no Palácio dos Bandeirantes. Durante a reunião, Mroz apresentou a Matriz Energética do Estado de São Paulo e falou da Política Estadual de Mudanças Climáticas (PEMC). Ela estabelece a redução de 20% nas emissões de gases do efeito estufa até 2020.

“O fim das queimadas na colheita de cana permite não só o atendimento da PEMC, como também a perspectiva de uma grande oportunidade econômica de negócios”, disse Mroz. A Secretaria de Energia tem incentivado o uso do bagaço, da vinhaça e da palha de cana na produção de energia, a chamada bioeletricidade. “O uso da cana de açúcar é ambientalmente correta e, se trabalharmos bem, até 2020 podemos chegar a uma produção de energia da biomassa maior do que a gerada por Itaipu”, afirmou.

Aruba, segundo Mike Eman, pretende se tornar referência internacional na produção de energia a partir de fontes renováveis e por isso o primeiro ministro demonstrou grande interesse pela tecnologia de produção de energia a partir da biomassa, principalmente na do setor sucroalcooleiro. São Paulo é o maior produtor de etanol do Brasil.

Também participaram do encontro o vice-governador do Estado, Guilherme Afif Domingos, o Consul geral da Holanda em São Paulo, Jan Gijs Schouten e o Embaixador da Holanda, Kees Rade.