18/04/2012

São Paulo avalia cronograma de obras no setor elétrico para a Copa do Mundo

Representantes dos governos federal, estadual e municipal estiveram reunidos com as concessionárias nesta quarta-feira, no Palácio dos Bandeirantes, para avaliar o cronograma de obras do setor elétrico paulista para a Copa do Mundo de 2014.

Participaram pelo Governo do Estado o secretário de Energia, José Aníbal, o assessor especial do governador Geraldo Alckmin e coordenador do Comitê Paulista da Copa do Mundo, Fábio Lepique, e a gerente de Licenciamento Ambiental da Cesteb, Iracy Xavier.

O secretário José Aníbal, que abriu o encontro representando o governador Geraldo Alckmin, assegurou que as obras na infraestrutura de energia exigidas pela FIFA no estado têm um andamento adequado. “Do ponto de vista da energia, tudo está muito bem equacionado”, disse.

Após a fala do secretário, representantes das concessionárias de distribuição e transmissão apresentaram um panorama dos empreendimentos e o estágio das obras de reforço. Um dos assuntos mais debatidos pelas empresas diz respeito às licenças ambientais das obras.

O Governo Federal foi representado pelo secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia (MME), Ildo Wilson Grudtner, e a Prefeitura de São Paulo pelo secretário Especial de Articulação da Copa do Mundo, Gilmar Tadeu.

“Estamos trabalhando para que sejam realizados todos os investimentos necessários e sem atrasos. O nosso foco são obras que garantam a confiabilidade, a qualidade e a segurança do sistema”, disse Grudtner.

Dos 12 estados e municípios que irão sediar jogos da Copa do Mundo, o Ministério de Minas e Energia já realizou encontros com Rio de Janeiro, Distrito Federal, Porto Alegre, Recife, Salvador e, agora, São Paulo.

Também estiveram presentes representantes da Empresa de Pesquisa Energética (EPE/MME), do Ministério de Minas e Energia (MME), do Operador Nacional do Sistema (ONS), de Furnas, da Copel, da Odebrecht e do Corinthians.