21/05/2012

Secretaria se reúne com Petrobras para discutir reajuste do gás

O secretário de Energia de São Paulo, José Aníbal, se reuniu na última sexta-feira (18/5), no Rio de Janeiro, com Alcides Santoro Martins, diretor de Gás e Energia da Petrobras. Na reunião, foram discutidas propostas para redução do impacto do reajuste no preço da tarifa da Comgás, uma das três empresas de distribuição que atuam no estado de São Paulo.

De acordo com o contrato de concessão, o reajuste do preço do gás oferecido pela Comgás está atrelado tanto ao gás boliviano quanto a uma cesta de óleos. Devido à variação do dólar nas últimas semanas, teme-se que o próximo reajuste fique acima do esperado pelo mercado, o que pode afetar a competitividade do setor produtivo que depende do gás ofertado pela Comgás.

“Alguns segmentos industriais têm a competitividade diretamente atrelada ao preço do gás. Se o insumo sobe, a competitividade cai, assim como a geração de emprego e a arrecadação de impostos. Por isso, discutimos formas de atenuar este impacto”, disse o secretário. Técnicos da Secretaria de Energia e da Petrobras se reúnem novamente nesta terça em São Paulo.