31/08/2012

Subsecretário de Mineração apresenta projetos da pasta ao COMIN

O subsecretário de Mineração, José Fernando Bruno, participou na última quinta-feira, dia 30, como convidado especial da 4ª Reunião Plenária do Comitê da Cadeia Produtiva da Mineração – COMIN/Fiesp.

Bruno apresentou aos participantes da plenária os projetos da Subsecretaria de Mineração do Estado de São Paulo para o setor no triênio 2012-2015. Os projetos de caráter urgente foram mapeados junto aos representantes do setor.

“O primeiro projeto que está em andamento é um estudo de disponibilidade de argila na zona de influência da hidrovia Tietê-Paraná. Também será avaliada a retomada de movimentação no sistema de transporte hidroviário. O estudo deve estar pronto dentro de cinco meses”, disse Bruno.

Outro projeto de caráter urgente é o mapa minerário de São Paulo. “Não temos um mapa da situação minerária do estado com a identificação dos grandes produtores de brita, argila e areia. Conto com o apoio do COMIN para colaborar na montagem desse mapa.”

“Entre os projetos, também propusemos o Ordenamento Territorial Geomineiro do Litoral Norte. A duplicação da rodovia dos Tamoios, que levará à região mais desenvolvimento e ocupação urbana, o porto de São Sebastião que será a base operacional de todo o pré-sal, são projetos que vão demandar desenvolvimento em infraestrutura.”

Fernando detalhou ainda os projetos de Ordenamento Territorial Geomineiro para Região Metropolitana da Baixada Santista, para Região Metropolitana de São Paulo, para Região Metropolitana do Vale do Paraíba e para a Aglomeração Metropolitana de Jundiaí.

Os estudos da subsecretaria de mineração serão executados pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).

Participaram da reunião representantes da Frente Parlamentar de Apoio à Mineração, ABC/Anfacer, Anepac, DMA/Fiesp, DNPM/SP, APEMI, Intervales, Sindipedras, Sindareia, Sindical, Incoesp, Serverg, Anavales, USP, Dogma Engenharia, Vale Fertilizantes e Votorantim.