05/12/2012

Secretaria de Energia lança o Programa Paulista de Biogás

Foi publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo, em 4 de dezembro de 2012, o decreto que cria o Programa Paulista de Biogás, que tem como um de seus objetivos estabelecer a adição de um percentual mínimo de biometano ao gás canalizado comercializado no Estado.

São Paulo produziu 314 milhões de toneladas de cana de açúcar na última safra, das quais 55% foram destinadas à produção de açúcar (22 milhões de toneladas) e 45% de etanol (11 milhões de litros).

O Estado tem potencial para gerar 132 milhões de metros cúbicos de vinhaça. Se tudo fosse convertido em metano, o Estado teria capacidade para gerar 792 milhões de metros cúbicos de metano por safra.

Segundo o secretário de Energia José Aníbal, o Programa Paulista de Biogás vai possibilitar que o Estado tenha independência energética. Ele lembrou que a medida está alinhada com o Plano Paulista de Energia, que tem como um de seus objetivos a ampliação da participação de energias renováveis em sua matriz energética.