19/12/2012

Secretário fala da importância da MP 579 para o desenvolvimento do país

O secretário José Aníbal falou hoje sobre o impacto da questão energética — e da Medida Provisória 579 — no desenvolvimento do país, durante o Fórum de Temas Nacionais da Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil (ADVB).

A MP 579 trata do preço da tarifa de energia e da renovação das concessões do setor. A medida já foi aprovada na Câmara e no Senado, e agora aguarda sanção presidencial.

“Nosso grande desafio é manter o Brasil com segurança energética, fornecimento assegurado e distribuição. Esse é um tema grandioso e um dos pilares do desenvolvimento do país”, afirmou o secretário em seu discurso.

Ele ressaltou que o governo de São Paulo é a favor de baixar o valor da conta de luz.

As reservas quanto a aceitar às condições da renovação antecipada, prevista na MP para Jupiá, Três Irmãos e Ilha Solteira — três usinas da Companhia Energética de São Paulo (CESP), empresa cujo Estado é o principal acionista — foi técnica.

Aníbal lembrou que a Empresa Metropolitana de Águas e Energia S.A. (EMAE), outra companhia com participação do governo estadual, aceitou as condições da União para a renovação.

O secretário destacou ainda que o governo de São Paulo conseguiu negociar investimentos por parte de empresas de transmissão no Estado, sem que houvesse imposições.