28/02/2013

Secretaria de Energia apresenta ações para redução da conta de eletricidade no setor público

A revisão dos contratos de fornecimento de energia elétrica foi uma das ações apresentadas pela Secretaria de Energia, na manhã desta quarta-feira (27), aos participantes do encontro de Capacitação dos Guardiões da Economia, no Palácio dos Bandeirantes.

O evento, aberto pelo governador Geraldo Alckmin no início desta semana, teve duração de três dias e reuniu 102 representantes, chamados de guardiões, indicados pelas secretarias e órgãos da administração pública estadual para o Programa Melhoria do Gasto Público, cujo objetivo é reduzir despesas estaduais.

O Programa de Revisão dos Contratos de Fornecimento de Energia Elétrica, promovido pela Secretaria de Energia, foi um dos destaques apresentados aos guardiões. Os 311 contratos revisados pela equipe técnica da SEE, de um total de 1,4 mil unidades, já demonstraram um resultado expressivo. “Os 15 novos contratos em vigência representam uma economia efetiva superior a R$ 2 milhões em 2012”, exemplificou Genésio Betiol Júnior, diretor de Eficiência Energética da SEE.

Essa economia foi possível graças à análise e, posteriormente, à adequação dos contratos de fornecimento de energia em unidades de média tensão de prédios públicos estaduais. Basicamente, a metodologia do trabalho consiste na avaliação do estudo do histórico de consumo de cada unidade e, caso seja pertinente, na solicitação de um novo contrato junto à concessionária de energia.

Outra iniciativa apresentada aos guardiões é o Sistema de Gestão de Faturas, que permitirá aos usuários uma gestão mais eficiente do consumo de eletricidade. Com lançamento previsto para o mês de abril, a ferramenta será disponibilizada na rede e possibilitará a geração de uma série de planilhas, com diferentes indicativos.

“A expectativa da Secretaria de Energia ao promover essas iniciativas é atuar como um facilitador, contribuindo para a redução das faturas de energia nas unidades públicas, em todo o Estado”, afirmou Betiol.