18/04/2013

Secretário de Energia apresenta perspectivas e desafios do setor de petróleo e gás

O secretário José Aníbal se reuniu, na manhã desta quinta (18), com estudantes da Escola Politécnica de Santos do curso de engenharia de Petróleo, criado em 2011.

Durante o encontro, o secretário apresentou as perspectivas do setor de petróleo e gás, que corresponde a cerca de 11% do PIB brasileiro. Um dos assuntos abordados foi a oportunidade de geração de empregos relacionados à expansão desse mercado.

“Estimativas indicam que as atividades de Petróleo e Gás podem produzir no litoral mais de 320 mil empregos diretos e indiretos até 2025”, disse.

As atividades da Subsecretaria de Petróleo e Gás também foram mencionadas. Entre elas a contratação de um estudo, realizado pelo IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas), para identificar as reservas e o potencial de aproveitamento para o gás de xisto em território paulista que será divulgado até o próximo mês.

“Nossa expectativa é que o setor atraia cada vez mais investimentos e empresas para nosso Estado, por isso a criação deste curso foi muito positiva. Com certeza vocês terão muitas oportunidades de trabalho na área”, concluiu.