13/05/2013

Novo parque de São Paulo vai gerar energia solar

No sábado (11), o governador Geraldo Alckmin anunciou o início das obras do Parque Cândido Portinari, que terá geração de energia solar.

Com orçamento de R$ 13 milhões, o projeto fotovoltaico tem capacidade de cerca de 1.000 quilowatts e prevê uma estação geradora, seguidores solares, microcentrais de geração ligadas à rede elétrica e uma estação solarimétrica.

O governador Geraldo Alckmin destacou que o local deve abrir 20 mil árvores em uma área de 120 mil metros quadrados, que era até então um depósito do Metrô.

A estação geradora de energia solar vai funcionar sobre o estacionamento do novo local. “Haverá energia suficiente para iluminar todo o parque e mais 350 casas”, explicou o governador.

“O Brasil é um dos países que mais tem luz solar no mundo”, afirmou Alckimin, lembrando ainda que as casas da CDHU são construídas com aquecedores solares.

“Quero saudar a CESP e o conjunto de empresas que vão nos ajudar a empreender essa obra da Secretaria de Energia, um projeto desafiador para poder mostrar à população que vai frequentar o parque como se constrói um planeta sustentável”, afirmou o subsecretário de Energias Renováveis, Milton Flávio, que representou o secretário José Aníbal no evento.

O Estado tem uma das matrizes energéticas mais limpas do mundo, com 56% de energias renováveis. São Paulo também pretende alcançar a meta de chegar a 69% até 2020, como prevê o Plano Paulista de Energia.

Uma parte do projeto deve ser entregue em julho, quando está previsto também o início das obras da estação geradora. A entrega do Parque Cândido Portinari deve acontecer até o fim de 2013.