17/12/2013

Alckmin inaugura ciclovia na margem oeste do rio Pinheiros

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, inaugurou, nesta terça-feira, dia 17, a ciclovia localizada na margem oeste do rio Pinheiros.  Com 2,8 quilômetros de extensão, a nova pista vai ligar os trechos entre a Entrada do Pomar Urbano (próxima à ponte João Dias) e a Ponte do Socorro, na zona sul de São Paulo.

Alckmin disse que, agora, milhares de trabalhadores poderão vir para a região de bicicleta. “Faz bem para saúde, ajuda a despoluir a cidade, integra o sistema metroferroviário, é esporte, trabalho e é uma grande conquista”, disse. A expectativa é de que cerca de 300 mil moradores e trabalhadores dos bairros da Capela do Socorro e Jardim São Luiz serão beneficiados pela ciclovia.

Executada pela Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae), os investimentos do governo do Estado de São Paulo na obra foram de R$ 1,7 milhão. Durante a abertura da ciclovia, o secretário de Energia do Estado de São Paulo, José Aníbal ressaltou a maior qualidade de vida, mobilidade e lazer que a ciclovia vai proporcionar aos usuários. O secretário percorreu a ciclovia de bicicleta para fazer uma última vistoria antes da abertura oficial.

Segundo o secretário, as obras serão totalmente finalizadas nos próximos 30 dias. “Faltam pequenos ajustes para dar ainda mais segurança e conforto à população que agora terá mais uma facilidade para acessar o metrô e os trens da CPTM”, disse ele.  Os portões da ciclovia permanecerão abertos nos horários do funcionamento do metrô.

José Aníbal ressaltou a participação positiva da Bayer do Brasil, que investiu R$ 5 milhões na construção de uma ponta móvel que liga os dois trechos da ciclovia, cruzando sobre a confluência do canal da Guarapiranga e o canal do rio Pinheiros. O secretário disse ainda que existe a intenção de se construir uma passarela para ciclistas utilizando uma construção de passagem de água da Sabesp. “Estamos conversando com a Sabesp para dar mais esta facilidade aos habitantes da região”, afirma.