16/01/2014

Recursos para restauro da Catedral de Santo Amaro são liberados pela CESP

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, participou com o secretário de Energia, José Aníbal, de missa comemorativa na Catedral de Santo Amaro, nesta quarta-feira (15). Localizada no Largo Treze de Maio, zona sul da capital paulista, a Catedral, também conhecida como Igreja Matriz, está sendo restaurada com recursos concedidos pelo governo do Estado de São Paulo. O anúncio de investimentos de mais R$ 500 mil na restauração foi feito pelo governador Geraldo Alckmin, após a cerimônia em comemoração ao dia de Santo Amaro.

Os valores foram liberados pela Companhia Energética de São Paulo (Cesp), através da Lei Rouanet. A empresa já havia doado anteriormente, através da mesma lei, R$ 2 milhões à Igreja Matriz, verba que permitiu a reabertura da Catedral, após ter ficado fechada por muitos anos.

A Catedral de Santo Amaro mantém grande parte das características originais do século XVI e faz parte do patrimônio histórico do Estado. O prédio da Catedral foi tombado pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp).