19/11/2014

Secretaria de Energia recebe UNICA e COGEN

Nesta terça-feira, 18, representantes da UNICA – União da Indústria de Cana-de-açúcar  e COGEN – Associação da Indústria de Cogeração estiveram na Secretaria de Energia para apresentar as potencialidades de geração de energia à partir da biomassa da palha e do bagaço da cana-de-açúcar e trazer sugestões para viabilizar isso.

Segundo as entidades, o potencial de geração de energia à partir da biomassa da palha e bagaço da cana-de-açúcar, no ano de 2017, dependendo do preço de mercado, poderá ser entre 337 até 522 MW médios.

Para eles, algumas medidas devem integrar a regulação deste segmento de mercado, e sugerem que as empresas geradoras de energia não deveriam assumir os riscos de conexão com a rede de transmissão/distribuição, contrariando as regras atuais. Sugerem também a adoção de regime especial de tributação do ICMS no estado, para a cadeia produtiva do setor e a atividade de geração. Propuseram eleger pool de empresas comercializadoras para a operações de aquisição de energia.

Conhecedores da intenção do Estado de São Paulo em realizar um leilão regional de energias renováveis, sugerem que este ocorra antes do Leilão de Fontes Alternativas da ANEEL, com previsão para o próximo dia 27/4.

Para o Secretário de Energia, Marco Antônio Mroz, as propostas são oportunas: “Diante da crise hídrica, toda sugestão de uso de fontes alternativas são oportunas e bem vindas. A secretaria já vem tratando a questão e, certamente, uniremos nossos esforços nesse sentido”, disse.