09/01/2015

Reunião da Secretaria de Energia com AES Eletropaulo

Nesta sexta-feira (9), o Secretário de Energia do Estado de São Paulo, João Carlos de Souza Meirelles, recebeu na sede da secretaria, a diretoria da AES Eletropaulo e da ARSESP – Agência  Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo, para solicitar urgentes providencias da empresa na melhoria do atendimento às reclamações sobre as interrupções de fornecimento de energia elétrica e do restabelecimento do serviço, especialmente as provocadas por tempestades na área de atuação da concessionária.

Para o Secretário de Energia, a demora além do prazo normal para o restabelecimento do fornecimento de energia para os consumidores, recorrente, é inadmissível e reflete evidente perda de qualidade na capacidade de atendimento da concessionária. A dificuldade de contato dos consumidores com a empresa para informarem essas ocorrências também é outro problema que precisa se solução urgente.

A empresa informa que todos os recursos possíveis para a operação de restabelecimento de do serviço estão disponibilizados e em operação, e que dobrou a capacidade do seu sistema de atendimento ao consumidor por telefone. Alega também que as interrupções do serviço têm sido provocadas por quedas de árvores na rede de distribuição e que essa quantidade de quedas tem sido anormais nestes tempos.

Ao final, o Secretário de Energia, João Carlos de Souza Meirelles afirmou que é preciso estabelecer novas bases de trabalho para esses serviços, com um programa que resolva os problemas de atendimento e que agilize, o mais rapidamente possível, o restabelecimento dos serviços de fornecimento de energia. Afirmou que o Governo de São Paulo se preocupa e age para minimizar a escassez de oferta de energia e que considera não ser possível que o consumidor sofra mais com a falta destes serviços.

Ficou então, acordado, que a AES Eletropaulo fará, em até 10 dias, uma proposta de melhoria desses serviços, que inclua adequado atendimento telefônico, aumento das equipes técnicas de campo, entre outras providências.

A ARSESP também está fazendo um acordo com o Procon  de São Paulo, visando o monitoramento das reclamações de falta de energia levadas àquele órgão e desenvolve uma auditoria sobre a qualidade real dos serviços prestados pela concessionária.