28/04/2015

Governo de São Paulo inaugura usina fotovoltaica em sua sede

Fonte: Secretaria de Energia e Mineração

Instalações no Palácio dos Bandeirantes trazem economia no consumo de energia e autoprodução para consumo próprio

usina solar Pal-Bandeirantes

Nesta terça-feira (28), o Governo de São Paulo inaugurou a usina fotovoltaica implantada no Palácio dos Bandeirantes e a substituição de parte do sistema de iluminação por outro mais moderno e eficiente, em suas dependências.

O Projeto de Eficiência Energética – PEE contempla a modernização de sistemas de iluminação e a implantação de planta fotovoltaica, aumentando a eficiência energética das instalações do Palácio dos Bandeirantes.

Foram substituídas luminárias, reatores e lâmpadas dos sistemas de iluminação com baixa eficiência por equipamentos eficientes em aproximadamente 1.884 pontos de iluminação com lâmpadas fluorescentes T5.

Também foi implantada planta de geração fotovoltaica de 80 kWp instalada sobre uma laje com 550 m² do prédio principal do Palácio dos Bandeirantes, com 262 painéis fotovoltaicos de 310 W cada.

No total, a AES Eletropaulo investiu R$ 1.285.000,00 sendo R$ 470.000,00 para a iluminação e R$ 815.000,00 no sistema fotovoltaico, do seu programa de Pesquisa e Desenvolvimento da ANEEL.

Estima-se que as novas instalações de iluminação produzam uma economia no consumo de energia da ordem de 638 MWh/ano, equivalente à energia consumida por 212 residências com consumo médio de 250 kWh/mês.

Outros 92 MWh/ano deverão ser gerados pela usina fotovoltaica,
equivalente à energia consumida por 31 residências com consumo médio de 250 kWh/mês

A economia total será de 730 MWh/ano, sendo 638 MWh/ano na iluminação e mais 92 MWH/ano na geração, com economia anual estimada em R$ 160.000,00 (valores referentes à dez./2014).

Essa economia de energia equivale ao consumo de 243 residências com média de 250 kWh/mês.
A redução de demanda será de 128 KW em iluminação e de 80 KWp em geração fotovoltaica.