15/07/2015

Secretário de Energia prestigia solenidade de abertura do Ecoenergy em São Paulo

Na manhã desta quarta-feira, 15, o Secretário de Energia de São Paulo João Carlos Meirelles, participou da abertura da Enersolar + Brasil – Feira Internacional para Energia Solar que acontece, paralelamente, com o V Ecoenergy – Congresso de Tecnologias Limpas e Renováveis para Geração de Energia, com a 7ª BioTech Fair – Feira Internacional de Tecnologia em Bioenergia e Biocombustíveis, e com o 10º Congresso Internacional de Bioenergia.

Esta é a 4ª edição da Feira Enersolar + Brasil, evento que reúne a cadeia da indústria produtiva dos segmentos de energia térmica solar e fotovoltaica, inversores e outras energias renováveis e que, segundo os organizadores, seu crescimento reflete diretamente as novas demandas do setor de energia do país.

Nesta quinta edição do Ecoenergy, as abordagens do congresso estão dividas em quatro temas: fotovoltaica, termosolar, hidroelétrica e eólica, abordando os mais diversos assuntos pertinentes ao desenvolvimento da cadeia produtiva do setor, tais como leilões, novas linhas de financiamento, geração distribuída, produtos de última geração e cases de sucesso. O tema central será “Energias renováveis como solução para a crise energética: políticas, perspectivas e mercado”.

Já a feira BioTech apresenta equipamentos e produtos que transformam resíduos sólidos agrícolas, florestais e urbanos em energia, com exposição de novidades para a cadeia produtiva deste setor. Seu objetivo é de levar informação e apresentar tecnologias de utilização de recursos renováveis para a geração de energia.

E o Congresso Internacional de Bioenergia, que está completando 10 anos, já apresentou quase dois mil trabalhos técnicos científicos e é, segundo os organizadores, o principal fórum de discussões sobre energias renováveis do Brasil e América Latina. Nesta edição terá 25 palestrantes, em três painéis e foco nos temas biomassa, biogás e biocombustíveis. Também debaterá sobre pesquisa e inovação tecnológica, mercado e políticas setoriais, visando construir um canal de diálogo entre as partes.

Como forma de continuar estimulando investimentos em pesquisas em energias renováveis, foi criado o Prêmio Inovação e Tecnologia Brasil Solar, que premiará os melhores projetos em geração distribuída, sistema isolado e projeto acadêmico.

O Secretário de Energia João Carlos Meirelles, em reconhecimento à importância de troca de experiências como as promovidas neste seminário disse: “O que hoje vocês estão fazendo aqui, é muito representativo do que o Brasil está vivendo… hoje até mesmo a agricultura depende de ciência, tecnologia e pesquisa que são absolutamente importantes… e nós precisamos rapidamente incorporar o talento que os senhores estão trazendo hoje aqui”, afirmou Meirelles.