25/09/2015

Meirelles participa de evento que incentiva novas aplicações a gás natural

O secretário de Energia do Estado de São Paulo, João Carlos Meirelles, participou nesta sexta feira, 25 de setembro, da segunda edição do Inova Comgás, evento promovido pela Companhia de Gás de São Paulo (Comgás), que tem a finalidade de apresentar projetos inovadores para aplicações a gás natural, divulgar os temas de interesse da Companhia para os anos seguintes e fomentar a cultura de inovação para o segmento.

Segundo Meirelles, é preciso incluir o gás natural na matriz energética nacional. “Temos a responsabilidade e o protagonismo de iniciarmos processos inovadores para inserir o gás na matriz energética. E não só porque começamos a descobrir gás aqui no pré-sal. É porque temos que buscar esse gás de forma que possamos aumentar a segurança energética”, disse.

Engajada em oferecer novos serviços e aprimorar os já existentes, a Comgás mantém há 11 anos a área de Desenvolvimento e Inovação, com a finalidade de buscar novos produtos e soluções tecnológicas que garantam a eficiência e aumentem a qualidade dos serviços prestados, com ganho de produtividade, sendo garantindo a segurança da operação e dos usuários. Incluindo o ano de 2015, a Comgás já investiu mais R$ 40 milhões no desenvolvimento de 115 projetos, dos quais 25 já estão em andamento.

Na abertura do evento, o diretor presidente da Comgás, Luis Henrique Guimarães, destacou que a Comgás vem incentivando a inovação em todas as áreas da Companhia, estimulando principalmente o desenvolvimento de novas aplicações para o uso do gás natural. “É preciso inovar cada vez mais para aumentarmos a competitividade do gás natural”, concluiu.

De acordo com a superintendente de Desenvolvimento e Inovação da Comgás, Carla Sautchuk, o trabalho também visa consolidar uma cultura inovadora na Companhia. “Estamos focados em desenvolver internamente os pilares de inovação: ir além, compartilhar valores e engajar pessoas. Estamos insistentemente buscando novos processos, aplicativos e soluções eficientes que beneficiem nossos clientes”, explicou Carla.

O dia foi marcado por palestras e debates que promoveram a discussão de oportunidades de inovação no setor, como a criação de novos produtos, tecnologias e soluções que ampliem o uso do gás natural, oferecendo uma expansão da matriz energética ao país. O encontro permitiu a exposição de ideias e troca de informações com as empresas, entidades, universidades e institutos especializados no segmento.

Já o diretor de Regulação Técnica e Fiscalização dos Serviços de Distribuição de Gás Canalizado da Arsesp, Antonio Luiz Souza de Assis, fez uma apresentação sobre o Programa Anual de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico e de Conservação e Racionalização do Uso do Gás Natural no Estado de São Paulo da instituição.

Também participaram, entre outros, nomes como Reinaldo Normand, autor do livro “Vale do Silício”, e Guilherme Ary Plonski, professor titular do Departamento de Administração da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da Universidade de São Paulo (USP).

Prêmio
A Comgás aproveitou o evento para lançar o Prêmio Inovação, com o objetivo de reconhecer e premiar ideias em todas as áreas e setores envolvidos com as questões energéticas e sustentáveis. A intenção do prêmio é fomentar a inovação atrelada aos anseios do consumidor final e à sociedade, conectando ideias de diversos segmentos.

Para o prêmio serão considerados duas categorias: estudantes (a partir do ensino médio) e público em geral. As ideias podem ser apresentadas individualmente ou em grupos de até quatro pessoas. Os projetos serão avaliados pela capacidade de inovação, interação com o gás natural, sustentabilidade, viabilização para a implantação. A data das inscrições e o regulamento serão divulgados em outubro no site da Comgás.