05/09/2015

Secretaria estuda parceria com Cepid na área de gás natural

O secretário de Energia, João Carlos de Souza Meirelles, recebeu nessa sexta-feira, 4 de setembro, a direção do Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepid) da USP, que apresentou o novo Centro de Pesquisa para a Inovação em Gás Natural (CIG).

O CIG, que contará com 174 pesquisadores, sendo 42 professores e 132 pós-graduandos, terá como foco as novas aplicações do gás natural e os estudos para a redução da intensidade de carbono no gás natural.

O professor do Departamento de Engenharia Mecânica da Poli, Julio Meneghini, que lidera o Cepid, apresentou os principais projetos na área de gás natural. “Alguns dos projetos visam a aumentar a eficiência dos processos de combustão utilizando gás natural. Temos um elenco de projetos que vão trabalhar com técnicas de otimização na fronteira do conhecimento”, disse Meneghini.

Meirelles apresentou os principais projetos da Secretaria utilizando o gás natural como fonte de energia elétrica e solicitou o apoio do Cepid. “Nos tragam sugestões de novos projetos que colaborem com o nosso projeto de ampliar o uso de gás natural na matriz energética paulista”, disse.

Os técnicos da Secretaria e do Cepid, que participaram do encontro, irão estabelecer um programa de trabalho conjunto visando aproximar os estudos produzidos pela universidade das ações promovidas pelo Governo do Estado.

Entre as ações estudadas está a instalação de uma sala do Cepid dentro da Secretaria de Energia para criar uma sinergia maior entre os dois órgãos.

Participaram da reunião pela Secertaria de Energia o secretário-adjunto, Ricardo Toledo, o subsecretário de Petróleo e Gás, Ubirajara Campos, e os técnicos da área Ricardo Cantarani e Renato Nakai.

Sobre o CIG
O Centro de Pesquisa para a Inovação em Gás Natural (CIG), formado a partir do Centro de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepid), tem apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e da BG Brasil, ligada ao BG Group, empresa da área de energia. O novo Cepid está sediado na Escola Politécnica, na Universidade de São Paulo (USP). 

Com a coordenação do professor do Departamento de Engenharia Mecânica da Poli Julio Meneghini, e do gerente de Projetos Ambientais da BG Brasil, Alexandre Breda, esse é o 18º Cepid da Fapesp. Durante os cinco primeiros anos, os recursos destinados ao novo Cepid totalizarão R$ 110 milhões – R$ 35 milhões da Fapesp, R$ 35 milhões da BG e R$ 40 milhões, em valores indiretos, da USP.