26/10/2015

Redução da expectativa de chuvas eleva preço da energia no mercado spot

PLD para a quinta semana de outubro sofreu elevação de 4% no Sudeste, 2% no Sul e 18% nos demais submercadosWagner FreireA redução da expectativa de chuvas elevou o preço da energia no mercado de curto prazo (spot) nos quatro subsistemas elétricos do país. O Preço de Liquidação das Diferenças para o período de 24 a 30 de outubro foi divulgado nesta sexta-feira, 23 de outubro, pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica. A diferença entre os valores do PLD, como pode ser observado abaixo, ocorreu porque foi atingido o limite de intercâmbio de energia entre os submercados. O PLD para a quinta semana de outubro sofreu elevação de 4% no Sudeste, 2% no Sul e 18% nos demais submercados.Em números, a CCEE informou que a Média de Longo Termo reduziu de 136% para 129% na quinta semana de outubro, o que representa uma redução de 2.700 MW médios de energia para o sistema. No Sul, as afluências foram revistas de 241% para 229% da média, com redução de 1.700 MW médios, enquanto no Sudeste a queda foi de 700 MW médios, passando de 93% para 89% da MLT. Os submercados Nordeste (33% para 29%) e Norte (71% para 60%) registraram queda na previsão com decréscimos de 100 MW médios e 200 MW médios de energia, respectivamente.No Norte, o desligamento de seis turbinas da hidrelétrica de Tucuruí, em decorrência da redução do nível dos reservatórios da região, reduziu em 2.700 MW a disponibilidade de geração da usina.Os níveis de armazenamento nos reservatórios do SIN ficaram cerca de 200 MW médios abaixo do esperado com redução nos submercados Sul (-200 MW médios) e Norte (-220 MW médios). No Sudeste, os níveis ficaram cerca de 200 MW médios acima do esperado, enquanto no Nordeste não houve variação.A previsão de carga para a próxima semana foi elevada em 625 MW médios e reflete o aumento na expectativa para todos os submercados com exceção do Sul, que segue impactado com a presença de frentes frias e teve a carga reduzida em 80 MW médios. A elevação no Sudeste, Nordeste e Norte foi de 520 MW médios, 60 MW médios e 120 MW médios, respectivamente.O fator de ajuste do MRE esperado para outubro foi revisto de 93% para 94,6% com ESS estimado para o período de R$ 666 milhões, sendo R$ 589 milhões referentes à segurança energética.PLDSudeste/Centro-Oeste: R$ 220,59/MWh (pesada); R$ 220,59/MWh (média), R$ 204,74/MWh (leve)Nordeste: R$ 270,61/MWh (pesada); R$ 265,59/MWh (média), R$ 204,74/MWh (leve)Sul: R$ 220,59/MWh (pesada); R$ 220,59/MWh (média), R$ 155,85/MWh (leve)Norte: R$ 270,61/MWh (pesada); R$ 265,59/MWh (média), R$ 204,74/MWh (leve)