06/10/2015

Secretário de Energia recebe delegação da Finlândia interessada em parceria em energias renováveis

O secretário de Energia de São Paulo, João Carlos Meirelles, e o gerente internacional da Investe São Paulo, Luis Arbex, receberam nesta terça-feira, 6 de outubro, uma delegação empresarial da Finlândia, liderada pelo ministro de Relações Econômicas, Jari Gustafsson, e o embaixador da Finlândia no Brasil, Markku Virri.

O objetivo do encontro foi a troca de informações e experiências na área de energia. Os visitantes apresentaram especial interesse em energias geradas a partir de fontes renováveis, com foco em biomassa e resíduos sólidos.

“A produção de energia a partir da palha da cana dura oito meses. Queremos utilizar a vinhaça e o cavaco de madeira nos 4 meses restantes para termos uma energia firme. A experiência das empresas finlandesas será extremamente importante nesse processo”, disse Meirelles.

Os empresários finlandeses apresentaram informações sobre a inovação presente naquele país, sua política industrial, o perfil econômico da Finlândia com o uso de tecnologias limpas, e sobre bioeconomia incluindo biocombustíveis avançados.

“Mais de 40% do financiamento público foi em energia. Isso mostra a importância que estamos dando ao setor”, explicou Gustafsson.

O gerente Internacional da Investe São Paulo, apresentou o potencial econômico do Estado de São Paulo, que tem hoje um PIB equivalente ao dobro do daquele país. “São Paulo conta com diversas empresas finlandesas e a Investe São Paulo está a disposição delas para apresentar os incentivos existentes ou até mesmo encontrar um parceiro comercial”, afirmou Arbex.

São Paulo e Finlândia possuem um longo histórico de cooperação, inclusive na produção de energia e de P&D. “Convidamos as empresas brasileiras a nos visitar na Finlândia e conhecer na prática o que falamos como tecnologia inovadora”, disse o vice-presidente da empresa BMH Technology, Hannu Lepomäki.

Meirelles solicitou uma lista das empresas finlandesas e seus produtos para que a Secretaria de Energia possa verificar a possibilidade de parcerias com empresas paulistas. “Queremos criar programas para o uso do lixo como fonte de energia e a expertise das empresas finlandesas nos interessa”, ressaltou.

Participaram também da reunião o Cônsul Geral em São Paulo, Jan Jarne, representantes do governo, empresários finlandeses, Patrick Schindler da Assessoria Especial para Assuntos Internacionais do Governo de São Paulo e pela Secretaria de Energia o chefe de gabinete Marco Antônio Castello Branco, além dos subsecretários de Mineração, José Jaime Snelwar, de Energia Elétrica, Henrique Ferraz, de Petróleo e Gás, Ubirajara Campos e de Energias Renováveis, Antônio Celso de Abreu Junior.