27/11/2015

AES dá os primeiros passos em armazenamento de energia no Brasil

País é um dos focos de mercado que a companhia pretende investir em projetos de Energy Storage

O grupo americano AES dá os primeiros passos para trazer ao Brasil tecnologias de armazenamento de energia. Em parceria com a Parker Hannifin, a AES implantará, ainda no primeiro semestre de 2016, baterias para armazenamento de energia na hidrelétrica de Bariri, localizada no interior do estado de São Paulo. “A AES avança no Brasil com iniciativas de armazenamento de energia em baterias, por meio da 4ª geração da solução Advancion. O país é um dos mercados foco para projetos de Energy Storage, além de Estados Unidos, Chile, Irlanda do Norte, Holanda e Filipinas”, respondeu a companhia por e-mail à Agência CanalEnergia.

Segundo Luiz Moura, gerente Geral da Parker Hannifin, trata-se de um projeto de P&D desenvolvido em parceria com a AES Tietê. O sistema estudado terá capacidade de armazenamento de 0,5 MW. A ideia é testar a tecnologia para atender a ponta de carga do sistema elétrico. “A Parker fornecerá os inversores de frequência para o sistema, iniciando no Brasil uma parceria [com a AES] já consolidada em outros países, como EUA e Chile. O objetivo deste projeto é ter um sistema funcionado para difundir o uso dos sistemas de armazenamento de energia no país”, afirmou Moura.

Moura revelou ainda que a empresa estuda montar um sistema de geração fotovoltaica em uma de suas plantas industriais, “com o mesmo propósito de difundir o uso da tecnologia, sendo que, neste caso, pretendemos utilizar a energia gerada para consumo próprio”.