17/11/2015

Meirelles participa do 10º Congresso de Geração Distribuída e Energia no Meio Ambiente

O secretário de Energia e Mineração, João Carlos Meirelles, participou nesta sexta-feira, 13 de novembro, do encerramento do 10º Congresso sobre Geração Distribuída e Energia no Meio Rural – X AGRENER GD 2015, que reuniu especialistas de todo o Brasil com o objetivo de discutir questões técnicas e políticas relacionadas ao desenvolvimento sustentável nos meios urbano e rural.

Nesta edição o tema central foi o “Meio Urbano, Meio Rural e Desenvolvimento Sustentável”, expandindo a discussão para a questão dos resíduos sólidos, de primordial importância atualmente no contexto da PNRS – Política Nacional de Resíduos Sólidos.

O evento contou com seis plenárias sobre diversos temas, com três palestrantes em cada e 12 sessões técnicas para apresentação oral dos trabalhos selecionados. A primeira plenária, que debateu as perspectivas e desafios da energia no meio rural, contou com a participação da assessora especial da Secretaria de Energia e Mineração, Marília Fanucchi.

Durante os três dias de evento foram debatidos os seguintes temas:

Biocombustíveis: etanol, biodiesel, lenha e carvão vegetal

Resíduos agroindustriais (bagaço de cana, resíduos de madeira, etc.)

Fontes Renováveis para Geração de Eletricidade e Geração Distribuída

Eletrificação Rural

Planejamento Energético

Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente

Tecnologias Avançadas

Conservação e Uso Eficiente de Energia

Agricultura Familiar e Inclusão Social

Resíduos Sólidos Urbanos como Fonte de Energia

Resíduos Sólidos Rurais como Fonte de Energia

Sobre a Agrener

O Congresso é dirigido aos agentes envolvidos com o setor energético brasileiro, representantes de empresas públicas e privadas, instituições governamentais, pesquisadores, professores, estudantes de graduação e pós-graduação, ONGs, associações, federações e outros.

O 10º AGRENER GD 2015 foi uma realização do Programa de Pós-graduação em Energia – PPGE, em conjunto com o Programa de Pós-graduação em Ciência Ambiental – PROCAM, ambos do Instituto de Energia e Ambiente da Universidade de São Paulo. Conta com apoio da UNICA, NIPE/UNICAMP, EPUSP, Biomassa BR Energias Renováveis e Portal Biomassa BR.