09/11/2015

Preço da energia no mercado spot cai 15% no Sudeste

Fator de ajuste do MRE esperado para novembro é de 89,5% com ESS em R$ 757 milhões

O Preço de Liquidação das Diferenças para o período entre 7 e 13 de novembro apresentou redução de 15% no submercado Sudeste/Centro-Oeste e queda de 13% no Norte e Nordeste. Já o PLD do Sul subiu 4% em relação ao valor da semana anterior, informou a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica nesta sexta-feira, 6 de novembro.

As afluências previstas para novembro mantêm-se em 98% da Média de Longo Termo, com destaque para a região Sudeste onde a previsão passou de 92% para 96% da média histórica. A expectativa para o Norte também subiu (63% para 67%), enquanto as afluências esperadas para o Sul (168% para 159%) e Nordeste (29% para 25%) foram reduzidas.

O descolamento entre os preços do Sul e demais submercados ocorre pelo envio de energia da região para o Sudeste ter atingido o limite de intercâmbio, ainda em razão das altas afluências registradas na região Sul. A diferença entre o PLD do Nordeste e Norte e os demais, por sua vez, é causada pelo recebimento de energia pelo Sudeste ter atingido o limite de intercâmbio entre os submercados.

Já os níveis de armazenamento nos reservatórios do SIN subiram 2.000 MW médios acima da previsão, comportamento observado em todos os submercados, com exceção no Nordeste que sofreu redução de 100 MW médios. Os níveis elevaram-se em 1.800 MW médios no Sudeste, 200 MW médios no Sul e 30 MWmédios no Norte.

A previsão de carga para a próxima semana no SIN foi reduzida em 1.200 MW médios como reflexo da presença de frentes frias durante novembro. No comparativo com a última revisão, apenas o submercado Nordeste não sofreu alterações. Nos demais, houve redução, sendo 700 MW médios no Sudeste, 450 MW médios no Sul e 80 MW médios no Norte.

O fator de ajuste do MRE foi estimado em 89,5% para novembro, contra os 92,9% previstos anteriormente, diminuição esperada em decorrência da expectativa de redução da carga e consequente redução da geração hidráulica. O ESS está estimado R$ 757 milhões, sendo R$ 688 milhões referentes à segurança energética.

PLD

Sudeste/Centro-Oeste: R$ 215,58/MWh (pesada); R$ 215,58/MWh (média), R$ 195,18/MWh (leve)

Nordeste: R$ 215,58/MWh (pesada); R$ 215,58/MWh (média), R$ 206,79/MWh (leve)

Sul: R$ 215,58/MWh (pesada); R$215,58/MWh (média), R$ 160,54/MWh (leve)

Norte: R$ 215,58/MWh (pesada); R$ 215,58/MWh (média), R$ 206,79/MWh (leve)

Para checar a evolução do PLD e gerar gráficos com múltiplos parâmetros acesse o Monitor Energia disponível para assinantes do CanalEnergia Corporativo.