29/01/2016

Copom projeta alta de 3,7% nos preços de energia elétrica

Preços administrados por contrato devem aumentar 6,3% em 2016 e 5% em 2017

Os preços da energia elétrica deverão subir 3,7%, mantida a bandeira tarifária em vigor, no caso a vermelha, segundo projeção do Comitê de Política Monetária do Banco Central. Na última reunião de 2015, o Copom indicou que as tarifas de energia elétrica aumentariam 52,3% em 2015.
De acordo com a 196ª reunião do Copom, que aconteceu nos dias 19 e 20 de janeiro, para o conjunto de preços administrados por contrato e monitorados projeta-se uma variação de 6,3% em 2016, ante 5,9% considerados na reunião de novembro do ano passado. Para 2017, a variação projetada é de 5%.

A inflação medida pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo foi de 0,96% em dezembro, 0,05 ponto percentual abaixo da registrada no mês anterior. Dessa forma, a inflação acumulada em doze meses atingiu 10,67% em dezembro de 2015, ante 6,41% no mesmo período do ano anterior, com os preços livres aumentando 8,51% e os administrados, 18,07%. O Comitê ainda decidiu manter a taxa Selic em 14,25% ao ano.