01/04/2016

Consumo nacional de energia cai 5,1% em fevereiro, informa EPE

Redução atingiu todas as classes de consumo e subsistemas elétricos do Brasil

Em fevereiro, o consumo nacional de energia elétrica caiu 5,1% na comparação com o mesmo período do ano passado, para 38.495 GWh, informou a Empresa de Pesquisa Energética em boletim divulgado nesta quinta-feira, 31 de março. A redução atingiu todas as classes de consumo e subsistemas elétricos do Brasil, influenciada pela retração econômica que atinge o país e pelas temperaturas mais amenas se comparadas as do ano de 2015.

Segundo a EPE, a indústria (-7,2%) continuou a apresentar o maior declínio entre as classes de consumo, com as maiores quedas registradas no Nordeste (-11,5%), Sudeste (-8,5%) e no Sul (-7,4%). Em linha com este cenário, o consumo livre caiu 3% em relação a 2015. O segmento de comércio e serviços registrou a maior retração desde 2004 (-4,8%), com a região Nordeste anotando, pela primeira vez, resultado negativo (-1,7%). A classe residencial exibiu decréscimo de 3,2%.

Em fevereiro de 2016, o consumo industrial totalizou 13.375 GWh, o residencial 11.352 GWh e o comercial 7.719 GWh. “O quadro de crédito restritivo conjugado ao mercado de trabalho com perspectiva de aumento do desemprego e retração da renda, tem induzido o consumidor a adotar um comportamento mais cauteloso”, apontou a EPE. O Sudeste/Centro-Oeste registrou consumo de 22.460 GWh (-5,8%); o Sul 7.304 GWh (-4,6%), o Nordeste 5.811 GWh (-5,1%), e o Norte 2.594 (-1,1%).