13/05/2016

Revista Brasil Mineral premia empresas do setor

A revista Brasil Mineral, especializada no setor de mineração no Brasil, promove há mais de 30 anos premiação que reconhece as empresas que se destacaram no mercado nas áreas de investimentos em novos projetos ou crescimento orgânico, esforço de desenvolvimento tecnológico, política de recursos humanos, ações de conservação ambiental e práticas de relacionamento com as comunidades.

A cerimônia de entrega dos prêmios, intitulado “Empresas do Ano do Setor Mineral”, ocorreu na quinta-feira, 5 de maio, em São Paulo, e contou com a participação do subsecretário de Mineração da Secretaria de Energia e Mineração do Estado de São Paulo, José Jaime Sznelwar, além de representantes das companhias premiadas, autoridades e convidados que atuam no setor de mineração no Brasil.

A maioria dos participantes fez referência a importância do prêmio por reconhecer as contribuições econômicas, tecnológicas, ambientais e sociais das empresas ganhadoras e também sobre a necessidade de melhoria na comunicação das mineradoras com a sociedade, especialmente neste momento em que o setor tem sido muito penalizado com críticas negativas à sua atuação.

As empresas também foram elogiadas por não terem parado com os investimentos, por conta das dificuldades do mercado, e por não descontinuarem seus programas de responsabilidade social e ambiental, fatos muito importantes, porque a empresa não pode ser sustentável apenas nos momentos em que os negócios vão bem. A mineração e a metalurgia são atividades de médio e longo prazo, onde não há espaço para imediatismos nem improvisações.

Neste ano foram premiadas as 10 empresas que mais se destacaram – na concepção dos leitores da revista – nos seguintes critérios:

•    investimentos em novos projetos ou crescimento orgânico, esforço de desenvolvimento tecnológico, política de recursos humanos;
•    ações de conservação ambiental e práticas de relacionamento com as comunidades.
Em ordem alfabética e por categoria de minerais, os vencedores foram:
•    Anglo American e Vale, na categoria Ferrosos;
•    Alcoa e Votorantim, como Não Ferrosos;
•    AngloGold Ashanti e Kinross, destaques na categoria Metais Preciosos;
•    Galvani e Imerys, como Não Metálicos; e
•    Copelmi e CRM, na categoria Metais Energéticos.

Durante a premiação, Sznelwar explicou que a Secretaria tem trabalhado para mostrar a importância da mineração aos prefeitos de São Paulo, estado que possui cerca de 900 operações minerais – a maioria de pequeno porte, e que ocupa o 3º lugar em termos de volume de produção, atrás de Minas Gerais e Pará. Sznelwar mencionou a importância do evento e todo o acervo de matérias publicado nas últimas três décadas pela revista Brasil Mineral, “conteúdo digno de uma enciclopédia mineral”.

Além dos representantes da revista, também participaram da cerimônia Marcelo Ribeiro Tunes, diretor de Assuntos Minerários do Ibram; Carlos Nogueira Jr. – Secretário de Geologia, Mineração e Transformação do MME; Horacídio Leal– Presidente Executivo da ABM (Associação Brasileira de Metalurgia, Mineração e Materiais); Marcos André Gonçalves – Presidente da Adimb (Associação para o Desenvolvimento da Indústria Mineral Brasileira); e Ricardo Moraes, superintendente regional do DNPM em São Paulo.