05/05/2016

São Paulo registra queda de 13,6% no consumo de gás natural no 1º trimestre de 2016

O último Boletim Informativo de Energéticos do Estado de São Paulo, publicado nesta sexta-feira, 29 de abril, pela Secretaria de Energia e Mineração mostra que o consumo de gás canalizado distribuído no Estado recuou 13,6% no primeiro trimestre de 2016 com relação ao mesmo período do ano anterior. O total comercializado de janeiro a março de 2015 foi de 1,47 bilhão de m³ de gás natural no Estado, neste ano o total foi de 1,27 bilhão de m³.

A maior queda foi verificada no setor de termogeração, com redução de 20,8%, seguido pelo industrial que registrou baixa de 14,5%.

“A redução do consumo na termogeração e no setor industrial é um indicativo da desaceleração econômica pela qual a indústria paulista passa. A estimativa é que o próximo trimestre mantenha essa tendência de queda”, explica o secretário de Energia e Mineração do Estado, João Carlos Meirelles.

Marcaram, ainda, diminuição no consumo do primeiro trimestre os setores de cogeração, com queda 6%, e de gás natural veicular com baixa de 9%.

Já os setores residencial e comercial, registraram aumento no consumo de gás natural de 14,8% e 4%, respectivamente.

Mês a mês
Os primeiros três meses de 2016 registraram queda no consumo de gás natural. Janeiro foi o que marcou a maior retração, 18,4%, seguido de março com 12,8 e fevereiro com 9,3%.

Entre os setores, o industrial teve a maior baixa em janeiro, marcando 19,5%. O comercial e o residencial marcaram altas elevadas. Os comerciantes aumentaram o consumo em 15,7% no mês de fevereiro e nas residências a maior elevação foi anotada em fevereiro com 26,5%.

O Boletim está disponível no site da Secretaria de Energia e Mineração no endereço www.energia.sp.gov.br