06/07/2016

São Paulo se prepara para garantir fornecimento de energia durante os jogos olímpicos Rio 2016

Técnicos da Subsecretaria de Energia Elétrica da Secretaria de Energia e Mineração do Estado de São Paulo, se reuniram nesta quarta-feira, 6 de julho, com técnicos das concessionárias  CTEEP, AES Eletropaulo, CPFL Energia e EDP Bandeirantes, e representantes do Comitê Olímpico Paulista para tratar da segurança no fornecimento de energia elétrica durante a realização dos jogos olímpicos na cidade de São Paulo.

O encontro teve como objetivo a apresentação de planos operativos para o período entre os dias 3 e 21 de agosto, em que estarão na cidade as equipes que disputarão os jogos de futebol na Arena Corinthians. Nos dias dos jogos haverá atendimento especial para o fornecimento de energia ao estádio e serviços essenciais como os oferecidos por CPTM, Metrô, aeroportos e Sabesp.

Os planos de segurança no fornecimento de energia incluem também as regiões dos aeroportos de Cumbica, Congonhas e Viracopos, os quatro centros de treinamento das seleções de futebol e hotéis que hospedarão as equipes olímpicas. Além destes locais, o plano foca também as delegações que ficarão alojadas e treinando em diversas cidades do interior paulista.

Esse trabalho visa o estabelecimento de procedimentos de segurança, de equipes técnicas que estarão de plantão e os equipamentos que serão utilizados em caso de ocorrências.

A Subsecretaria de Energia Elétrica ficou responsável pela confecção do mapa com as áreas de concessão das distribuidoras de energia elétrica, contendo os contatos para eventuais emergências.

Experiência

Durante a Copa de 2014, o estado de São Paulo já havia conduzido os trabalhos que assegurassem o fornecimento de energia elétrica ao local de realização dos jogos na cidade. Ao todo foram realizadas 23 obras constantes das prioridades do Grupo de Trabalho – GT da Copa 2014 para reforço no atendimento elétrico na região metropolitana de São Paulo, uma das cidades sede da Copa 2014.

A Arena Corinthians, sede da cerimônia de abertura dos jogos ganhou atenção especial. Como grande consumidor de energia elétrica, a concessionária executou obras de reforço na alimentação do estádio, com a remodelação de linha existente e a implementação de segunda linha de alimentação independente.