15/07/2016

Uruguai assinará acordo para comprar eletricidade brasileira

A empresa elétrica estatal do Uruguai (UTE) assinará um acordo com a Eletrobras para comprar eletricidade em caso de imprevistos, informaram nesta quarta-feira fontes oficiais uruguaias.

O Uruguai, cuja matriz energética gera excedentes, tem um acordo similar com a Argentina e a intenção do acordo com o Brasil é ter uma alternativa, afirmou o presidente da UTE, Gonzalo Casaravilla, que participa do seminário “Cenários energéticos na América Latina”, no Rio de Janeiro.

“Apesar de já estar estipulado o esquema comercial de exportação do Uruguai ao Brasil, conjunturalmente o Brasil tem excedentes de energia que podem ser comercializados na região, o que torna necessário manter as autorizações ativas a fim de aproveitar cada ocasião que surja, em caso de contingências”, diz o texto publicado hoje no site da presidência uruguaia.

Casaravilla destacou a necessidade de aproveitar as infraestruturas de interconexão energética que o Uruguai tem tanto com o Brasil como com a Argentina, e ressaltou a conveniência de ter mais de um mercado para poder comprar energia em caso de urgências.

Por enquanto não foi informada a data prevista para a assinatura do acordo entre Uruguai e Brasil.

“As interconexões foram feitas para isso, para ter mais de uma alternativa para quando for necessário, e para isso temos 570 megawatts instalados de interconexão com o Brasil, o que nos põe em um muito bom cenário”, concluiu o presidente da UTE.