24/08/2016

Expansão solar fotovoltaica anual pode chegar a 120 GW em 2020

Fonte: Canal Energia

Capacidade total instalada no mundo pode chegar a quase 1 TW considerando cenário de incentivos governamentais e estabilidade de contratação

A Solar Power Europe, a associação da indústria solar fotovoltaica para a Europa, estima que o crescimento da capacidade instalada mundial da fonte poderá alcançar expansão de até 120,2 GW em 2020 no cenário mais favorável. Se confirmado esse número será um crescimento de 137,5% ante os 50,6 GW instalados no ano de 2015. Somente esse ano a perspectiva é de que o mundo possa alcançar nesse cenário mais positivo, 76,7 GW de novas instalações, aumento de 22% sobre o ano passado.

De acordo com COO da entidade, Bruce Douglas, o cenário positivo a que se referem esses dados está diretamente ligados aos incentivos que os governos através do mundo poderão oferecer à fonte e, entre eles, está a estabilidade de regras e de contratação ao longo dos anos. Em sua estimativa, a atração de uma cadeia de fornecimento de serviços e equipamentos pode se viabilizar com uma contratação estável de 1 GW desde que seja realizada regularmente por muitos anos.

No pior cenário a perspectiva de expansão global da fonte é de encerrar 2016 com 47,1 GW e em 2020 com 62,6 GW. Com isso, a capacidade instalada global em 2020 poderá ficar entre 489,8 GW e 716,1 GW. Ao final deste ano a perspectiva varia de 276,5 GW a 306,1 GW.

A expectativa é de que o mercado solar continuará a depender amplamente da demanda chinesa, que recentemente vem desacelerando. Inclusive, acrescentou Frank Haugwitz, diretor da Asia Europe Clean Energy (Solar) Advisory Co. (AECEA) e que está baseado em Pequim há 15 anos, há até mesmo sobras de energia diante de um crescimento do consumo de apenas 0,5% entre o ano de 2014 e de 2015 ante os investimentos do país. Apesar disso, o maior mercado ainda está naquele país. Somente no primeiro trimestre do ano, a China registrou a inclusão de 7,1 GW em capacidade instalada. E a tendência é de continuidade de crescimento.

Nesse contexto, o Brasil aparece em nono lugar entre os maiores investidores na fonte nesse horizonte. No cenário mais favorável está a perspectiva de avançar 9,5 GW e no de menor aumento de capacidade em 4,6 GW. Em termos de taxa de crescimento de capacidade instalada entre os 20 maiores mercados o país está atrás somente do Egito. A taxa de expansão solar no país africano é esperada em 214% na comparação entre 2016 e 2020 e por aqui é de 149%. Em termos nominais a China está muito à frente com 105 GW de expansão anual no cenário positivo e 60 GW considerando o de menor crescimento.