11/08/2016

Queimadas causam 26 interrupções entre junho e julho em no interior de SP

Fonte: Canal Energia

queimadas 2

Segundo dados do Centro de Operações da CPFL Paulista foram registradas 26 ocorrências de queimadas que afetaram a rede elétrica das cidades da região de São José do Rio Preto, em São Paulo. Estas ocorrências afetaram o fornecimento de energia de 5.471 consumidores. Em junho foram 12 ocorrências, afetando o fornecimento de energia para 331 clientes, ao passo que em julho foram 14 ocorrências, 5.140 clientes afetados.

Além das causas climáticas, uma queimada mal controlada para atividades agrícolas também provoca graves prejuízos ao fornecimento de energia, causando desde pequenos cortes, conhecidos como piscas, até os grandes desligamentos. Para as indústrias, mesmo os piscas de energia são prejudiciais, uma vez que podem queimar maquinários e equipamentos.

“É importante a conscientização da população e dos produtores agrícolas, pois os incêndios sob a rede de distribuição e transmissão de energia, são, muitas vezes, causados pelo uso do fogo como método de poda de algumas plantações”, alerta o gerente Regional da CPFL Paulista, Francisco Carlos Martins. “O impacto de queimadas sob a rede é grande e maior ainda quando se fala de linhas de transmissão, responsáveis pelo abastecimento de regiões inteiras”, conclui.

Outro foco de preocupação é com o volume de fumaça, que pode causar superaquecimento dos cabos, diminuindo a sua resistência e facilitando o rompimento. “O fogo também pode queimar a base das torres de transmissão, que, em alguns casos, é de madeira, provocando sua queda, ou aquecendo os condutores de energia, causando curto-circuito”, informa Martins.