26/09/2016

Petrobras vende 90% de gasoduto no Sudeste por US$ 5,2 bi

Fonte: Veja.com

Transação é a maior feita pela estatal em seu programa de venda de ativos, criado para abater dívidas da companhia

Um consórcio liderado pela canadense Brookfield chegou a um acordo com a Petrobras para comprar 90% da unidade de gasodutos Nova Transportadora Sudeste (NTS) da estatal. O negócio foi fechado por 5,2 bilhões de dólares.

A Brookfield, uma das maiores gestoras de recursos do mundo, vai deter uma participação de controladora no consórcio. O grupo inclui os fundos CIC Capital Corp, da China, e GIC Private, de Cingapura, que são clientes da Brookfield Asset Management, e o fundo de pensões de British Columbia, no Canadá.

A Petrobras informou nesta sexta-feira que a primeira parcela do montante acordado, correspondente a 84% do valor total (4,34 bilhões de dólares), será paga no fechamento da operação e o restante (850 milhões de dólares), em cinco anos.

O acordo para a venda da NTS, que tem cerca de 2.500 quilômetros de gasodutos no Sudeste do Brasil, representa o maior desinvestimento até o momento dentro do plano da Petrobras de vender 15,1 bilhões de dólares em ativos em 2015 e 2016.

A estatal tenta vender ativos para abater parte de sua enorme dívida, que somou em termos líquidos 332,39 bilhões de reais em 30 de junho. Esse é o maior débito de uma petroleira no mundo.

“Essa operação abre oportunidades para que parcerias com outras empresas, com larga experiência e condições de investimento, contribuam para o fortalecimento da indústria de gás natural no Brasil”, afirmou a Petrobras em nota.

A estatal afirmou ainda que o acordo fomenta também novos investimentos na ampliação da infraestrutura de transporte de gás, com o objetivo de criar um modelo de desverticalização da cadeia de gás natural. Às 11h, as ações preferenciais da Petrobras estavam em baixa de 1,2%. As ordinárias, por sua vez, caíam 1%.