19/09/2016

PLD fica em R$ 145,5/MWh na quarta semana de setembro

Fonte: Canal Energia

O Preço de Liquidação das Diferenças para o período entre 17 e 23 de setembro permaneceu estável nos submercados Sudeste/Centro-Oeste, Nordeste e Norte, passando de R$ 146,18/MWh para R$ 145,5/MWh. No Sul, o preço ficou igual ao fixado nos demais submercados, o que significa um aumento de 9% frente ao PLD da última semana.

Em setembro, as afluências esperadas para o SIN caíram de 99% para 86% da Média de Longo Termo, índice abaixo da média em todos os submercados: Sudeste, com 98%; Sul, de 86%; Nordeste, com 32% e Norte, com 53% da MLT. Com a vez que há redução das afluências previstas para o Sul, o envio de energia para o Sudeste fica menor e o limite de intercâmbio deixa de ser atingido, equalizando o preço entre todos os submercados.

Os níveis dos reservatórios do sistema estão aproximadamente 100 MW med acima do esperado, com elevação observada no Sudeste, com mais 400 MW med e no Norte, com aumento de 15 MW med, além de redução observada nos submercados Sul, com menos 220 MW med e Nordeste, com o recuo de 100 MW med. Já a carga prevista para o SIN na quarta semana de setembro está aproximadamente 200 MW med mais baixa quando comparada à expectativa da semana anterior, redução esperada no Sul de 100 MW med e no Nordeste, de 100 MW med.

O fator de ajuste do Mecanismo de Realocação de Energia previsto para setembro foi revisado de 85,6% para 84,4%. Os Encargos de Serviços do Sistema são esperados em R$ 210 milhões para o período, sendo R$ 87 milhões referentes à segurança energética.

PLD

Sudeste/ Centro-Oeste: R$ 150,47/ MWh (pesada), R$ 148,62/ MWh (média) e R$ 139,47 (leve)

Sul: R$ 150,47/ MWh (pesada), R$ 148,62/ MWh (média) e R$ 139,47 (leve)

Nordeste: R$ 150,47/ MWh (pesada), R$ 148,62/ MWh (média) e R$ 139,47 (leve)

Norte: R$ 150,47/ MWh (pesada), R$ 148,62/ MWh (média) e R$ 139,47 (leve)

Para checar a evolução do PLD e gerar gráficos com múltiplos parâmetros acesse oMonitor Energia, disponível para assinantes doCanalEnergia Corporativo.