05/10/2016

Consumo nacional de eletricidade cai 0,7% em agosto, aponta EPE

Fonte: Canal Energia

Por outro lado, consumo no ACL apresentou expansão de 10% no período

O consumo total de energia elétrica na rede somou 37.467 GWh em agosto, queda de 0,7% quando comparado a igual mês do ano anterior. Tal resultado teve influência do desempenho da classe comercial, que registrou em agosto a terceira retração mensal consecutiva (-3,7%). As informações são da Resenha Mensal do Mercado de Energia, publicada pela Empresa de Pesquisa Energética nesta terça-feira, 4 de outubro.

Nas residências, destacou a EPE, o crescimento no consumo em agosto (+1,5%) ajudou para um “ligeiro” acréscimo na variação acumulada da classe no ano. Já a classe industrial, por sua vez, exibiu recuo de 0,9% no mês, mesmo com o avanço de alguns setores eletrointensivos (metalurgia, química e têxtil). O consumo livre, pelo quinto mês consecutivo, apresentou expansão (10,7%), enquanto o consumo cativo apresentou queda de 4,7%.

Comercial – Segundo a EPE, a classe comercial teve um dos piores resultados do ano, com consumo de 6.788 GWh em agosto. No ano, o consumo comercial no país apresenta queda de 1,7%, e, no período de 12 meses, de 1,5%, desempenho condizente com o cenário econômico desfavorável que tem levado a forte retração na atividade do setor.

Apesar do cenário econômico ruim, o consumo residencial somou 10.447 GWh em agosto. Se, por um lado, o desemprego elevado e as altas taxas de juros permanecem inibindo a retomada das compras e a contração de novas dívidas pelas famílias, induzindo à redução no consumo da classe comercial, por outro lado, tais fatores parecem influir no aumento do uso da energia nos lares, na medida em que, para cortar despesas, a população acaba passando mais tempo em casa, deslocando, assim, parte do consumo da classe comercial para a classe residencial.

Em agosto de 2016, o consumo industrial de eletricidade somou 14.101 GWh (-0,9%), o que retrata uma redução acumulada de 4,2% nos oito meses do ano. Apesar do Nível de Utilização Médio da Capacidade Instalada da indústria ainda permanecer baixo (segundo a CNI, o valor para agosto deste ano foi 66%, o mesmo de agosto do ano passado), alguns outros indicadores continuam sugerindo o uma estabilização na atividade produtiva nacional, disse a EPE.

Subsistemas – Em agosto, o consumo do subsistema Sudeste/Centro-Oeste somou 21.819 GWh (-1,4%); do Sul 6.485 GWh (-2,2%); do Nordeste 5.963 GWh (2,1%) e do Norte 2.939 GWh (1,9%). No Sistema Isolado o consumo foi de 261 GWh (7,9%).

No acumulado de janeiro a agosto, o consumo do subsistema Sudeste/Centro-Oeste somou 178.469 GWh (-1,7%); do Sul 55.041 GWh (-1,3%); do Nordeste 48.183 GWh (-0,6%) e do Norte 22.355 GWh (2,9%). Com isso, o consumo no país registra redução de 1,3%. No Sistema Isolado o consumo está acumulado em 1.928 GWh (-14,9%).