19/10/2016

EDP Bandeirante terá redução de 23,53% nas tarifas

Fonte: Canal Energia

Reajuste anual reflete retirada de custos financeiros e queda de despesas com aquisição de energia e encargos setoriais

Os consumidores da EDP Bandeirante terão as tarifas reduzidas em 23,53% em média no próximo dia 23 de outubro. O efeito médio será de -28,64% para os clientes conectados em alta tensão e de -19,51% para aqueles atendidos em baixa tensão.

Contribuíram para o resultado a retirada da tarifa de 11,92% em custos financeiros anteriores e de 7,52% em financeiros que serão devolvidos ao consumidor nos próximos 12 meses. Houve ainda redução de 3,68% no custo de aquisição de energia, com destaque para a tarifa de Itaipu (-44,13%), que representa uma parcela considerável do mix de compra de energia da empresa. A redução dos encargos setoriais também influenciou o reajuste.

O processo da EDP Bandeirante é semelhante ao da CPFL Piratininga, que teve as tarifas reduzidas pela Agência Nacional de Energia Elétrica em 24,18% nesta terça-feira, 18 de outubro. A Aneel também negou recurso da Bandeirante contra a revisão tarifaria do ano passado, que resultou em aumento médio de 16,14% nas tarifas da empresa.

Com o reajuste desse ano, os consumidores residenciais da distribuidora terão sua tarifa de energia reduzida de R$ 500,77/MWh para R$ 402,99/MWh, uma das baixas entre as empresas do segmento. A concessionária atende 1,8 milhão de unidades consumidoras em 28 municípios do Alto Tietê e Vale do Paraíba, em São Paulo.