07/11/2016

Comissão discutirá a utilização de biocombustíveis para reduzir emissão de gases

Fonte: Agência Senado

A Comissão Mista Permanente sobre Mudanças Climáticas fará audiência pública na próxima terça-feira (8) para debater a influência dos biocombustíveis no cumprimento das metas brasileiras estabelecidas no Acordo do Clima de Paris.
Ratificado no último mês de outubro pelo Brasil, o Acordo de Paris é um tratado internacional que visa reduzir as emissões de gases causadores do efeito estufa e conter o aumento da temperatura média global. O documento visa alcançar esse objetivo por meio de metas estabelecidas para todos os 195 países signatários. O Brasil se comprometeu a reduzir em 37% suas emissões de gases estufa até 2025, em relação ao montante registrado em 2005, e em 43% até 2030.
A audiência terá como representantes do governo federal Márcio Félix Carvalho Bezerra, secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia, e Guy de Capdeville, chefe de Agroenergia da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Também falando pelo setor público, comparecerá o deputado federal Evandro Gussi (PV-SP), presidente da Frente Parlamentar do Biodiesel.
Os representantes do setor empresarial serão Donizete Tokarski, diretor-superintendente da União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio); Elizabeth Farina, diretora-presidente da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica); e Rodrigo C. A. Lima, diretor-geral da Agroicone, empresa de consultoria em agronegócio.
Participarão ainda do debate o professor Donato Aranda, da Escola de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), e a pesquisadora Samya de Lara Pinheiro, da Rede Clima, entidade de pesquisas sobre mudanças climáticas.
A audiência será interativa, e os cidadãos que acompanharem poderão participar enviando perguntas aos parlamentares e debatedores.