09/12/2016

Eco Brasil premia práticas sustentáveis

Fonte: O Estado de S. Paulo

Projetos que reduzem gastos de energia e água no processo produtivo, diminuem a emissão de dejetos e certificam uma cadeia sustentável se destacaram entre 71 trabalhos inscritos para o Prêmio Eco Brasil 2016, o mais tradicional troféu de sustentabilidade empresarial do País. Em sua 34.ª edição, a premiação passou a ser realizada este ano pela Câmara Americana de Comércio (Amcham) e pelo ‘Estadão’.

Ao todo, foram 16 vencedores em diferentes categorias, incluindo startups, que, pela primeira vez, concorreram de forma separada. Uma das vencedoras nesse segmento foi a TerraCycle, empresa americana que está no Brasil desde 2009 e que tenta eliminar o lixo. O projeto premiado foi um programa de coleta de produtos que não costumam ser reciclados, como esponjas de cozinha, escovas de dente e lápis.

“Procuramos dar uma solução a um produto difícil de reciclar, principalmente do ponto de vista econômico”, disse Renata Ross, gerente de marketing da empresa, após a entrega do prêmio, na noite de anteontem em São Paulo.

A cada embalagem coletada pela Terracycle são destinados R$ 0,02 a uma instituição de caridade do País. Segundo a empresa, por meio da iniciativa, já foram doados R$ 15 milhões a escolas e entidades sem fins lucrativos. A Terracycle se mantém com patrocínios, sobretudo feitos por fabricantes das mercadorias que entram no seu processo de reciclagem, como a Scotch-Brite, de esponjas.

A C&A e a Rhodia, que estão entre as vencedoras do prêmio nas categorias grandes empresas, desenvolveram projetos semelhantes que reduzem o consumo de água e energia na fabricação de peças de roupa. A C&A colocou no mercado brasileiro um jeans cuja técnica de clareamento é a laser. Com a tecnologia, é possível economizar 30% de água e 15% de energia no processo de lavagem. O algodão utilizado na tecelagem também é sustentável – em seu plantio, o uso de fertilizantes é reduzido.

De acordo com o presidente da C&A Brasil, Paulo Correa, até 2020, todas as peças vendidas na rede de lojas da marca serão feitas a partir de algodão sustentável. Enquanto essa tecnologia for mais cara, a empresa reduzirá a margem para não passar o custo ao consumidor.

Na Rhodia, a criação de um fio branco que evita que o tecido final necessite ser lavado várias vezes para não amarelar foi uma solução encontrada para a crise hídrica que atingiu o país em 2014. “Fizemos uma modificação na poliamida que promove essa redução do uso de água na cadeia produtiva”, disse o presidente global do negócio de fibras da Rhodia, Renato Boaventura.

O produto, cujas pesquisas de desenvolvimento foram todas realizadas no Brasil, foi patenteado em todo o mundo. Apesar de esse fio ter um preço cerca de 10% superior ao normal, ele deu à Rhodia acesso a novos clientes. Dos fios brancos vendidos pela companhia, no entanto, o produto ainda representa 5% do total. Hoje, 25% do portfólio da empresa é de produtos com impacto ambiental reduzido. A meta é alcançar 50%.

Construção. O setor de construção recebeu três dos 16 prêmios distribuídos. Precon Engenharia e Habitar Construções foram vencedoras por reduzirem a geração de resíduos. A primeira, que ganhou o prêmio Eco Brasil pela sexta vez, diminuiu os dejetos em 85% ao construir prédios dentro de uma fábrica e depois apenas montá-los em um canteiro de obras. Já a Habitar, que foi premiada na categoria microempresas e startups, cortou os resíduos em 93% com um sistema em que painéis de concreto armado são fabricados de acordo com o projeto de cada imóvel. O modelo evita desperdícios no canteiro de obras ao dar mais previsibilidade para a construção.

A Votorantim Cimentos recebeu o prêmio por ter se adequado para receber o selo EDP (Environmental Product Declaration), que consegue medir o impacto do produto na natureza desde a extração da matéria-prima até o descarte.

VENCEDORES DO PRÊMIO ECO 2016

CATEGORIA PROCESSOS

Empresas de Grande Porte

Braskem

Em programa de incentivo ao empreendedorismo, petroquímica oferece mentoria a projetos inovadores que tenham impacto sócio-ambiental.

Companhia Energética de Pernambuco (Celpe)

Por meio do reaproveitamento de gás de resíduos orgânicos que seriam descartados em aterros, empresa criou projeto que transforma lixo em energia limpa

Dow Brasil

Em parceria com o Comitê Olímpico, empresa conseguiu mitigar 620 mil toneladas de CO², neutralizando a emissão de carbono gerada na Olimpíada

Grupo Boticário

Mudando a fórmula de seus hidratantes, empresa eliminou etapas de aquecimento e resfriamento na fabricação das loções. Processo 100% a frio poupa o ambiente

Itaú Unibanco

Banco elaborou uma análise de risco socioambiental em operações de crédito e investimento, em iniciativa aumenta credibilidade frente a stakeholders e evita perdas financeiras

Korin

Por meio de parcerias com produtores e fornecedores, companhia de alimentos construiu uma cadeia produtiva integrada e sustentável

Orbenk

Empresa de limpeza mantém práticas sustentáveis em seus processos, como a utilização de produtos biodegradáveis e a neutralização da emissão de carbono

Empresas de Médio e Pequeno Portes

RL Sistemas de Higiene

Companhia neutraliza 100% da massa de resíduos que gera em função de um projeto junto a cooperativa de catadores que compensa 7.525kg de resíduos plásticos colocados no mercado pela empresa

Startups e Microempresas

Habitar Construções Inteligentes

Com sistema pré-moldado para imóveis, construtora reduziu em 93% a geração de resíduos e aumentou a eficiência da companhia

CATEGORIA PRODUTOS

Empresas de Grande Porte:

AES Holdings Brasil

Por meio da revitalização e reuso de materiais da rede elétrica, empresa evita descarte e aumenta ciclo de vida de ferragens e postes

C&A Modas

Cultivo de algodão sustentável diminuiu impactos ambientais gerados na confecção do Jeans

Precon Engenharia

Sistema desenvolvido pela construtora mineira reduz em 85% os rejeitos

Rhodia Poliamida e Especialidades

Com o desenvolvimento de um fio que já nasce colorido e de outro com um altíssimo grau de branco, a companhia conseguiu reduzir o consumo de água, energia, insumos químicos e etapas de produção.

Votorantim Cimentos

A companhia acompanha o desempenho ambiental de cada produto em função do selo EPD, que consegue medir o impacto do produto na natureza desde a extração da matéria-prima até o descarte

Empresas de Médio e Pequeno Portes

Blue Sol Energia Solar

Sistema fotovoltaico gera oportunidade para novos negócios com baixo impacto ambiental

Startups e Microempresas

TerraCycle do Brasil

Empresa desenvolve projeto de reaproveitamento de resíduos mais difíceis de serem reciclados.