02/12/2016

Produção de petróleo e gás caiu 1,8% no Brasil em outubro

Fonte: Petro Notícias

A produção de petróleo e gás sofreu uma queda de 1,8% no Brasil em outubro, comparada ao mês anterior – apesar de alta relevante em relação a 2015 –, com uma soma total de 3,306 milhões de barris de óleo equivalente por dia. A produção exclusiva de petróleo no mês ficou em 2,624 milhões de barris por dia, com alta de 9% em relação ao mesmo período de 2015, enquanto que a produção de gás natural ficou em 108,5 milhões de metros cúbicos por dia, cerca de 11,2% a mais do que em outubro do ano passado.

O resultado pior no mês em relação a setembro se deu por conta de paradas para manutenção em algumas plataformas, principalmente o FPSO Cidade Angra dos Reis, no Campo de Lula, na Bacia de Santos, que mesmo assim manteve a posição de maior campo produtor de petróleo e gás natural do País, produzindo, em média, 629,5 mil barris de petróleo e 27,5 milhões de m³ de gás natural por dia.

O pré-sal, que correspondeu a 43% do total produzido no Brasil em outubro, também teve uma queda em relação a setembro, de 2,7%, ficando em 1,145 milhão de barris de petróleo por dia e 44,4 milhões de metros cúbicos por dia de gás natural, totalizando aproximadamente 1,424 milhão de barris de óleo equivalente por dia, a partir de 66 poços.

Além disso, os campos marítimos produziram 94,7% do petróleo e 77,1% do gás natural, sendo que a produção ocorreu em 8.681 poços, dos quais 752 são marítimos e 7.846, terrestres. Os campos operados pela Petrobrás produziram 93,3% do petróleo e gás natural.

Já o aproveitamento de gás natural no mês alcançou 96,6%. A queima de gás em outubro foi de 3,7 milhões de metros cúbicos por dia, um aumento de 4,1% se comparada ao mês anterior e redução de 9,6% em relação ao mesmo mês em 2015.