19/01/2017

CPFL Paulista investe na troca de equipamentos eficientes em Ribeirão Preto

Fonte: Canal Energia

Investimentos foram a cerca de R$ 3,2 milhões

eficiencia_energetica_na_cidade

Com o objetivo de estimular e difundir a cultura do consumo inteligente de energia, a CPFL Paulista investiu R$ 3,251 milhões em ações de eficiência energética junto aos seus clientes residenciais nas cidades de Sertãozinho, Ribeirão Preto e Brodowski em 2016. Por meio de seu Programa de Eficiência Energética, a companhia destinou os recursos na doação e instalação de 2.334 equipamentos mais modernos e eficientes, como lâmpadas LED e aquecedores solares. Ao todo, 1.619 famílias foram beneficiadas com a iniciativa.

As ações integram o projeto “Comunidades Eficientes”, que tem por objetivo contribuir para redução do consumo de energia entre os clientes de baixa renda por meio da troca de equipamentos ineficientes e da doação de modelos mais modernos e econômicos. Com os investimentos realizados em 2016, a economia esperada é da ordem de 1.349,52 MWh/ano, equivalente ao consumo anual de 562 famílias. O volume economizado no horário de pico é estimado em 549,58 KW, o que traz mais estabilidade ao sistema e reduz a geração térmica, fonte mais cara e mais poluente.

Os aquecedores solares foram os equipamentos mais instalados pela CPFL Paulista no ano passado. Foram instalados 1.262 aparelhos com sistema de aquecimento solar com apoio elétrico automático que também contribuem para reduzir o impacto do chuveiro elétrico na conta luz. “Além disso, no inverno, o tempo de permanência no banho normalmente aumenta, o que demanda mais energia. Por isso, estima que, com a instalação de aquecedores solares, o cliente pode ter uma economia no valor da conta de consumo de energia elétrica”, complementa Luiz Carlos Lopes Júnior, gerente de Eficiência Energética da CPFL Energia.

Já a substituição da iluminação inadequada por luminárias LEDs, que são mais eficientes e consomem menos energia, beneficiou 357 famílias. Cada residência recebeu três lâmpadas, totalizando a entrega de 1.072 unidades. Embora pequenas, as lâmpadas consomem uma quantidade razoável de energia, e a iluminação pode elevar a temperatura de um cômodo em até 5°C. Lâmpadas de LED são mais indicadas, pois não esquentam o ambiente.

“Os recursos do programa provêm do valor arrecadado nas contas de energia. Esse dinheiro volta para a sociedade por meio de projetos que promovem o consumo inteligente de energia. É nosso dever como, uma concessionária de um serviço pública, conscientizar a população que a energia elétrica é essencial ao bem-estar e ao desenvolvimento da sociedade”, afirma o gerente de Eficiência Energética da CPFL Energia, Luiz Carlos Lopes Júnior.