02/02/2017

Alterada chamada de P&D sobre minigeração em Instituições Públicas de Ensino Superior

Fonte: Aneel

micro_geração_universidade

A Diretoria da ANEEL aprovou nesta terça-feira (31/1), durante Reunião Pública, alteração na Chamada de Projeto Prioritário de Eficiência Energética e Estratégico de P&D nº 001/2016 intitulado: Eficiência Energética e Minigeração em Instituições Federais de Ensino Superior. O objetivo é reduzir entraves à implementação de projetos de Eficiência Energética (EE) e de geração própria de energia (Minigeração) por meio da implantação de projetos pilotos em Instituições Públicas de Educação Superior.

O edital exigia que as distribuidoras aplicassem recursos do Projeto apenas em unidades consumidoras da sua área de concessão, mas a Agência considerou que essa medida poderia provocar uma pulverização de recursos em propostas de projetos que não atendessem aos requisitos de um projeto prioritário e estratégico. Diante disso, ficou estabelecido que a distribuidora também poderá aplicar recursos do PEE em unidades consumidoras de outra área de concessão.

A Agência constatou que o gasto com energia elétrica representa um dos principais itens de custeio das Instituições Públicas de Educação Superior e que parte considerável dessa despesa poderia ser evitada por meio de ações de eficiência energética e da implantação de sistemas de geração própria de energia (micro ou minigeração).

Os projetos realizados no âmbito da chamada possibilitarão a troca de equipamentos energeticamente ineficientes por outros mais eficientes, incentivarão a mudança de hábito de consumo de professores, alunos e funcionários e, além disso, promoverão a implantação de minigeração de energia elétrica e a redução nas contas de energia.

Ao todo, 70 empresas do setor elétrico manifestaram interesse em apresentar propostas de projetos.