16/03/2017

Meirelles participa de debate sobre mudanças climáticas e estratégias empresariais na USP

Fonte: Secretaria de Energia e Mineração

Secretário de Energia e Mineração apresentou ações e desafios para o futuro das energias renováveis

Com o tema “Os acordos de Paris: Competências Humanas e Geração de Trabalho” a Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP, realizou nesta quarta-feira, 15 de março, um debate que contou com a participação do secretário de Energia e Mineração do Estado, João Carlos Meirelles.

“Estamos em uma fase de transição energética. E como se faz essa estratégia para o futuro? Precisamos da universidade atuando nessas fronteiras”, destacou Meirelles que ainda ressaltou a importação de 57% da energia consumida no Estado, eletricidade que viaja em linhas de transmissão com 10 mil quilômetros e defendeu a necessidade da geração localizada para aumento da segurança energética.

O evento coordenado pelo professor Jacques Marcovitch da Faculdade de Economia e Administração e Contabilidade contou com a participação do professor e presidente da Fapesp, José Goldemberg, que comentou sobre a relação da poluição com o custo da saúde nos grandes centros urbanos e destacou que as energias renováveis, em especial a solar, é a que mais gera empregos se comparada com outras fontes.

A secretaria de Mudanças do Clima e Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, Thelma Krug, apresentou as estratégias adotas pelo ministério para cumprir o código florestal, fortalecer políticas e medidas, restaurar e reflorestar 12 milhões de hectares e ampliar a escala de sistema de manejo sustentável no Brasil. “O bom do acordo de Paris é que ele permite revisões contínuas e esperamos que a responsabilidade não recaia somente sobre os países em desenvolvimento”, disse Thelma.

A reunião foi acompanhada por professores e alunos de pós-graduação da universidade. No dia 22 de março, acontece o segundo painel com a participação do diretor da Organização Internacional do Trabalho (OIT) Brasília, Peter Poschen, presidente da ABEEólica Elbia Gannoum, e o diretor do Instituto Escolhas, Sérgio Leitão. Para mais informações e participação envie e-mail para mudafuturo@usp.br