28/04/2017

Comitê técnico do PPE ouve a sociedade para avançar em energias renováveis

Fonte: Secretaria de Energia e Mineração

O objetivo é discutir com as associações do setor, próximos passos para consolidação do Plano Paulista de Energia – PPE 2030

O Subsecretário de Energias Renováveis da Secretaria de Energia e Mineração de São Paulo, reuniu-se nesta quarta-feira, 26 de abril, com representantes das associações Absolar, Abeeólica, Cogen, Abiogás, Única, Aprobrio e Abrapch, além de Arsesp, Fiesp, Fercom, Unicamp, USP, Secretaria do Meio Ambiente e os técnicos da Secretaria de Energia e Mineração, para tratar do Plano Paulista de Energia do Estado de São Paulo – PPE 2030.

O objetivo desse encontro foi apresentar uma avaliação da situação atual do PPE 2020, perspectivas de cenários para 2030 e solicitar a todos, contribuições em cada área específica, visando os ajustes para a elaboração do PPE.

A colaboração das universidades e centros tecnológicos tem como propósito mapear as rotas tecnológicas e apresentar ações para aumentar a competitividade da cadeia produtiva.

“Com metas realistas efetivamente compromissadas com a sociedade, o novo PPE permitirá que as políticas públicas tenham continuidade e efetividade. São Paulo está se preparando para o futuro”, disse Antonio Celso.

A Subsecretaria de Energias Renováveis dará prosseguimento às discussões após receber essas contribuições, quando fará uma avaliação geral e fechamento do Plano.

Sobre a COP 21

A reunião de cúpula ocorrida em dezembro de 2015 acontecerá em Paris, França, foi a 21ª Conferência das Partes (COP-21) da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima. Lá surgiu o Acordo global sobre mudança do clima.

A COP21 adotou um novo acordo internacional sobre o clima, aplicável a todos os países, com o objetivo de manter o aquecimento global abaixo dos 2°C. A UNFCCC foi adotada durante a Cúpula da Terra do Rio de Janeiro, em 1992, e entrou em vigor no dia 21 de março de 1994. Ela foi ratificada por 196 Estados, que constituem as “Partes” para a Convenção.

Sobre o PPE

O Governo de São Paulo elaborou o Plano Paulista de Energia – PPE 2020, que apresenta propostas de políticas públicas para promover o aumento da oferta de energia elétrica com a substituição de energéticos poluentes por renováveis, além do estímulo ao uso racional e eficiente de energia.

O PPE 2020 foi aprovado pelo Conselho Estadual de Política Energética – Cepe, órgão vinculado à Secretaria de Energia e Mineração.