14/06/2017

São Paulo registra aumento de 4% no consumo de gás natural canalizado em abril

Fonte: Secretaria de Energia e Mineração

Crescimento do consumo ocorre apesar do setor de termogeração não ter operado no mês de abril

Boletim-Energetico

A Secretaria de Energia e Mineração do Estado de São Paulo monitora, mensalmente, a produção e consumo de gás natural no Estado e divulgou nesta segunda-feira, 12 de junho, o balanço do mês de abril, que apresenta aumento de 4%, atingindo 405 milhões de metros cúbicos (m³), contra 389 milhões de m³ no mesmo período do ano anterior.

“Com a volta do período chuvoso e os reservatórios cheios novamente, as hidrelétricas passaram a funcionar normalmente fazendo com que as termoelétricas fossem desligadas. Além disso, a ampliação das redes de distribuição de gás natural acrescentaram mais consumidores residenciais ao sistema, o que fez o consumo nessa classe aumentar”, explica o secretário de Energia e Mineração do Estado de São Paulo, João Carlos Meirelles.

O maior aumento de consumo de gás natural verificado no período no Estado foi no setor residencial, correspondente a um acréscimo de 14,0% sobre o mesmo período de 2016. Responsável por 4,9% do total utilizado, registrou um consumo de 20 milhões de m³.

O setor de cogeração, responsável por uma participação de 5,6% do total, apresentou um consumo de 22,6 milhões de m³ indicando um acréscimo de 6,4% sobre o mesmo período do ano anterior.

O setor comercial registrou o terceiro maior aumento de consumo, indicando um acréscimo de 6,1 % em relação a abril de 2016. Apresentou um consumo de 12,2 milhões de m³, sendo responsável por 3% do mercado total de gás paulista.

Já o setor o setor industrial, responsável por 81,7% do consumo total de gás canalizado no Estado, consumiu em abril 331 milhões de m³, indicando um acréscimo de 4,8% em relação ao mesmo mês do ano anterior. 

E o setor automotivo, responsável por aproximadamente 4,7% do total, consumiu 19 milhões de m³ em abril, correspondente a um acréscimo de 3,5% em relação ao mesmo mês do ano anterior.

Em abril de 2016 o setor de termogeração consumiu 4,6 milhões de m³ e neste mês de abril não houve geração termoelétrica.

Acesse o Boletim Energético aqui.