31/07/2017

GasBrasiliano investirá R$ 60 milhões para ampliar rede em SP

gas_brasiliano

A GasBrasiliano investirá R$ 60 milhões na construção de 82 quilômetros de rede de gás natural para atender aos consumidores industrias de Catanduva, interior de São Paulo. Na primeira etapa do projeto, que já está em andamento, a empresa alocará cerca de R$ 5,4 milhões. A previsão da concessionária é concluir a implantação da rede até o segundo semestre de 2018. A primeira etapa das obras devem ser concluídas em até 90 dias. A engenharia envolvida no projeto compreende também uma futura expansão da rede para São José do Rio Preto.

O diretor-presidente da GasBrasiliano, Walter Fernando Piazza Júnior, disse à Brasil Energia que desde o último dia 17/7 já foi construído 1,4 quilômetro da rede de distribuição, que irá atender inicialmente sete clientes industriais e um posto de abastecimento de GNV.

A construção do gasoduto que ligará Itápolis a Catanduva será executada em três etapas. A primeira etapa abrange um sistema local que atenderá o distrito industrial do município e encontra-se em andamento, prevendo a construção de aproximadamente 10,5 quilômetros de rede de distribuição de gás natural, abastecida por gás natural comprimido (GNC).

A segunda etapa do projeto, refere-se ao trecho de extensão de aproximadamente 56 Km de rede que interligará Itápolis e Catanduva, integrando a rede construída na primeira etapa ao gasoduto principal da distribuidora. Por fim, a terceira etapa inclui a expansão da rede dentro do município, permitindo a ampliação dos serviços de distribuição do gás natural canalizado em todos os distritos industriais.

A rede que interligará Itápolis a Catanduva foi dimensionada de forma a possibilitar ainda a expansão futura para São José do Rio Preto, município que está nos planos de expansão da GasBrasiliano para os próximos anos.

A concessionária de distribuição de gás natural atua em 30 municípios, atendendo outros cinco com GNC, somando mais de 15 mil clientes que consomem em média 870 mil m³/dia. Em maio, a companhia atingiu a marca de 1 mil km de rede, com a obra de expansão entre Ribeirão Preto e Cravinhos. No trecho, foram construídos um total de aproximadamente 13,5 Km de rede, sendo 11,5 Km em aço e 2 km em polietileno. O investimento total na obra foi de aproximadamente R$ 6 milhões.