03/08/2017

Capacidade instalada de geração atinge 152.980 MW em junho

Fonte: Ministério de Minas e Energia

capacidade instalada

A capacidade instalada total de geração de energia elétrica do Brasil atingiu 152.980 MW* no mês de junho. Em comparação com o mesmo mês do ano anterior, houve um acréscimo de 7.865 MW**, sendo 5.118 MW de geração de fonte hidráulica, 1.679 MW de fonte eólica, 946 MW de fontes térmicas e 122 MW de fonte solar.

No mês de maio, a fonte hidráulica registrou 72,3% do total gerado no país. Já a geração eólica na matriz de produção de energia correspondeu 6%. Entre as fontes térmicas, a biomassa foi a que mais cresceu sua produção em relação ao mês anterior, com 1,5 pontos percentuais (p.p.), enquanto a geração por petróleo e gás natural representaram +0,7 p.p. e -0,9 p.p, respectivamente. Considerando todas as fontes térmicas, o grupo totalizou 21,7% na matriz de produção de energia elétrica.

Em junho de 2017 o total de linhas de transmissão em operação no Brasil, com tensão maior ou igual a 230 kV, atingiu 136.027 km. No mês, entraram em operação comercial 86,0 km de linhas de transmissão.

O Boletim Mensal de Monitoramento do Sistema Elétrico Brasileiro é um documento oficial elaborado pela Secretaria de Energia Elétrica do MME com informações atualizadas e consolidadas sobre a operação eletroenergética no Brasil, permitindo o registro e acompanhamento de temas relevantes do Setor Elétrico, tais como a expansão e o desempenho dos sistemas de geração, transmissão e distribuição, as condições hidrometeorológicas e a política operativa adotada, o comportamento do mercado consumidor e as ocorrências de maior impacto ao Sistema Elétrico Brasileiro (SEB).

*Dados de capacidade instalada total de geração de energia elétrica do Brasil consideram as informações referentes à geração distribuída (GD)

** Os dados de expansão NÃO consideram GD, apenas os Ambientes de Contratação Regulada e Livre (ACR e ACL)

Confira o Boletim Mensal de Monitoramento do Sistema Elétrico Brasileiro aqui.