12/09/2017

CPFL Piratininga investe R$ 15,9 milhões na rede elétrica da Baixada Santista

Fonte: Canal Energia

Valor aplicado no primeiro semestre deste ano representa crescimento de 45,8% na comparação com mesmo período de 2016

cpfl

A CPFL Piratininga divulgou os investimentos realizados na rede elétrica da Baixada Santista durante o primeiro semestre de 2017. O valor total aplicado foi de R$ 15,9 milhões, crescimento de 45,8% na comparação com os R$ 10,9 milhões investidos no mesmo período de 2016.

O aporte colabora para elevar a qualidade do serviço na região, tornando-o ainda mais robusto, seguro e confiável, melhorando o nível de conforto para os 623,4 mil clientes atendidos pela distribuidora nos municípios de Santos, São Vicente, Guarujá (distrito de Vicente de Carvalho), Cubatão e Praia Grande.

Neste semestre a concessionária investiu no suporte para o crescimento de mercado, a adequação de capacidade de subestações e de linhas de transmissão, e a manutenção e expansão de redes. Com os recursos, a região da Baixada Santista passa a estar mais bem preparada para o aumento futuro da demanda por energia – tanto do parque industrial como das classes comercial e residencial.

Do total aplicado pela empresa nos municípios da região, em torno de R$ 4,4 milhões foram destinados a projetos voltados ao atendimento ao cliente, com a ampliação da extensão das redes elétricas e a instalação de medidores para clientes residenciais, comerciais e industriais. A CPFL Piratininga ainda destinou R$ 1,45 milhão em ações de suporte ao crescimento do mercado, com aumento de capacidade de subestações e linhas de transmissão e readequação da capacidade da rede de distribuição.

Um aporte de R$ 5,51 milhões foi dedicado à manutenção e à melhoria das linhas de distribuição de energia, com foco na rede primária, na substituição de transformadores avariados e na instalação de novos equipamentos. Somado aos investimentos, há também o aporte de R$ 4,38 milhões em projetos especiais.

De acordo com o presidente da concessionária, Carlos Zamboni Neto, a realização dos investimentos demonstra o compromisso da distribuidora em oferecer serviços de excelência para os seus clientes, garantindo assim a confiabilidade de seus sistemas. Em 2016, a distribuidora já havia investido R$ 48 milhões na Baixada Santista.

“Trabalhamos com o objetivo de proporcionar mais qualidade, eficiência e robustez aos nossos serviços e fornecimento, investindo de forma continuada em modernizações e manutenções. Essas melhorias dão mais preparo à população e à CPFL para garantir a continuidade no fornecimento de energia, sempre de olho nas necessidades decorrentes do crescimento e do desenvolvimento da Baixada Santista”, afirmou o presidente.