01/09/2017

Toledo apresenta a experiência de São Paulo nas energias renováveis para comissão governamental chinesa

Fonte: Secretaria de Energia e Mineração

Com 60% de energias renováveis o Estado de São Paulo é referencia para o mundo no uso das fontes alternativas de energia

O secretário-adjunto de Energia e Mineração, Ricardo Toledo, apresentou nesta sexta-feira, 1 de setembro, para uma comissão governamental da prefeitura de Shenzhen na China, o perfil da matriz energética paulista. Com 60% de sua energia de fontes renováveis o Estado de São Paulo é atualmente uma referência mundial na área.

Para Toledo, ao mesmo tempo em que o Governo busca a integração de diversas fontes de energia, quer também o manejo hídrico sustentável e a redução das emissões de gases poluentes.

“Nosso Estado tem o firme compromisso de expansão das energias renováveis, essa é uma orientação da política estratégica de Governo. A empresa chinesa BYD tem hoje uma presença marcante com a produção de ônibus elétricos e painéis solares que nos ajuda a reduzir nossas emissões de CO2”, disse Toledo.

A diretora geral da Invest Shenzen, Zhang Feimeng, explicou que a comissão busca promover a relação comercial aproximando os empresários dos dois países, além de estar em busca de uma cidade da América Latina para instalação de uma agência de cooperação. Atualmente a província de Shenzen enfrenta uma alta na demanda de energias renováveis para abastecer a região em que vivem cerca de 20 milhões de habitantes e possui um PIB de 195 bilhões de dólares, sendo a terceira maior economia do país chinês.

“São Paulo é referencia em biomassa, álcool e açúcar. Uma tecnologia muito avançada e nós buscamos essa troca de experiência”, disse Feimeng.

“Vamos identificar os temas de interesse em comum para começar a trabalhar em conjunto. Estamos abertos para cooperação com as nossas empresas, pois vivemos um momento especial na área das energias no Brasil”, disse o secretário de Energia e Mineração, João Carlos Meirelles.

Desde 2004 as cidades de São Paulo e Shenzen possuem um acordo de amizade. No mês passado, o prefeito de São Paulo, João Doria, esteve no município buscando investimentos.

Participaram também da reunião a assessora da Subsecretaria de Energias Renováveis, Marília Fanucchi, o assessor para Assuntos Internacionais do Governo de São Paulo, Pedro Ranciaro e os diretores da Investe Shenzhen, Lei Jia, Sun Zhenjun,  Sun Zhenjun,  Xu Bo, Wang Qingke, Delilah Li, Joana Filipa Alves e Luz Deneb Martinez.