04/10/2017

Barretos, Bebedouro e Guaíra foram responsáveis pelo consumo de 56,7% da energia na região em 2016

Fonte: Secretaria de Energia e Mineração

A região é a décima quinta no ranking do Estado em consumo de energia, participando com 1,2% do total

O Anuário de Energéticos por Município do Estado de São Paulo no ano de 2016, divulgado nesta sexta-feira, 29 de setembro, pela Secretaria de Energia e Mineração, mostra que os municípios da região administrativa de Barretos foram responsáveis pelo consumo de 1,2% de todos os tipos de energia utilizados no Estado em 2016, o equivalente a 505 mil toe (tonelada de óleo equivalente).

A cidade de Barretos continua liderando o ranking de consumo de energia na região, respondendo por 22,1% do total, seguida por Bebedouro com 21%, e Guaíra com 13,7%. Os insumos mais utilizados foram os derivados de petróleo, energia elétrica e etanol.

“A região de Barretos foi a que registrou o maior aumento no consumo de energia no Estado de São Paulo, com um acréscimo de 2,3%. Os derivados de petróleo foram os responsáveis pelo aumento do consumo”, comenta o secretário de Energia e Mineração do Estado de São Paulo, João Carlos Meirelles.

O consumo de energia elétrica na região também foi expressivo, com um total de 1,17 terawatts/hora (TWh), sendo 376 gigawatts/hora (GWh) para as residências, 293 GWh para a indústria e 212 GWh para o setor comercial. No total a região consumiu 0,9% de toda a eletricidade utilizada no Estado. A região não apresentou consumo de gás natural.

Os combustíveis automotivos mais consumidos na região em 2016 foram: 275 milhões de litros de óleo diesel (2,3% de todo Estado), 114 milhões de litros de etanol (1,4% do Estado) e 77 milhões de litros de gasolina (0,8% do Estado).

Em 2016, o consumo de energia no Estado de São Paulo foi de 41,9 milhões de toe (tonelada de óleo equivalente). Os dados excluem autoprodução de eletricidade, lenha e derivados, carvão mineral e derivados e os não energéticos de petróleo.

Regiões

A região metropolitana de São Paulo foi a que mais utilizou energia em 2016, consumindo 39,4% do total do Estado. Em seguida aparecem as regiões administrativas de Campinas (20,3%), Sorocaba (7,4%), São José dos Campos (6,2%), São José do Rio Preto (4,2%), Santos (3,5%), Ribeirão Preto (3,2%), Central (2,5%), Bauru e Marília (2,4%), Araçatuba e Presidente Prudente (1,8%), Franca (1,5%), Itapeva (1,3%), Barretos (1,2%) e Registro (0,9%).

Sobre o Anuário

O Anuário de Energéticos por Município no Estado de São Paulo 2016 apresenta dados sobre os principais energéticos consumidos pelos 645 municípios paulistas – energia elétrica, gás natural, etanol e derivados de petróleo, bem como as respectivas emissões de dióxido de carbono (CO2).

O documento é uma ferramenta para gestores municipais, em parceria com o governo estadual, desenvolver atividades regionalizadas de planejamento energético e também para que a iniciativa privada utilize em estudos e projetos que tenham a energia como insumo fundamental para seu desenvolvimento.

As principais informações do anuário podem ser acessadas na ferramenta Dados Municipais, com link disponível na homepage do site da Secretaria de Energia e Mineração. O arquivo com o estudo completo também está disponível na Biblioteca Virtual do hotsite Dados Energéticos. Para acessar a ferramenta online ou o pdf acesse www.energia.sp.gov.br

 

Município

ELETRICIDADE
(toe)

ETANOL
(toe)

DERIVADOS
DE  PETRÓLEO
(toe)

TOTAL
(toe)

Embaúba

366

247

1.060

1.673

Jaborandi

840

375

1.207

2.422

Taiaçú

739

726

1.429

2.894

Taiúva

983

715

1.504

3.203

Terra Roxa

1.133

793

1.423

3.349

Altair

1.083

113

3.197

4.393

Cajobi

1.334

1.060

2.612

5.006

Viradouro

2.342

1.492

4.006

7.840

Pirangi

2.338

1.213

4.639

8.189

Monte Azul Paulista

3.029

2.512

4.692

10.233

Guaraci

1.479

1.071

8.759

11.309

Colômbia

3.761

1.778

13.022

18.560

Vista Alegre do Alto

1.769

742

18.702

21.214

Colina

7.803

1.724

18.582

28.109

Severínia

1.912

3.386

37.380

42.678

Olímpia

12.122

10.879

24.495

47.497

Guaíra

9.728

3.618

55.895

69.241

Bebedouro

19.268

10.346

75.614

105.229

Barretos

28.492

15.550

67.726

111.769

Região Administrativa de Barretos

100.524

58.339

345.946

504.808